Exorcismo

Padres Exorcistas explicam

Consagração a Virgem Maria

Escravidão a Santissima Virgem, Orações, Devoção

Formação para Jovens

Espiritualidade, sexualidade, diverção, oração

9 de set de 2010

13 razoes para não voltar em Dilma Rossef



Alerta aos cristãos 

13 razoes para não voltar em Dilma Rossef

· 1° Dilma e o PT Apresentou ao congresso em setembro de 2005 um substitutivo do PL 1135/91 que defende a legalização do aborto até o 9° mês

· 2° assinou no dia 16/07/2010 o consenso de Brasília que coloca o Brasil como promotor da descriminalização do aborto em toda América latina

· 3° assinou no dia 21/12/2009 o PNDH3(PROGRAMA NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS) que coloca o aborto como um direito humano ou seja (assassinar criança vira direito humano e 2 meses depois ela Dilma comparou o aborto (assinar criança) a arrancar um dente.

· 4° Dilma e o PT no PNDH3 defende o casamento homossexual OBS: (Deus criou homem e mulher.)

· 5° Dilma e o PT no PNDH3 defende casais homossexuais fazer adoção de crianças(o que será dessas crianças.)

· 6° Dilma e o PT defende gays fazer cirurgia de transformação de sexo no SUS (transformar pênis em vagina e vagina em pênis) OBS: cada cirurgia custa 40 mil reis

· 7° Dilma e o PT defende a legalização da prostituição, ou seja, segundo PNDH3 as prostitutas terão carteira assinada no Brasil

· 8° Em 2005 com o atual governo do PT apoiaram e sancionaram a destruição de embriões humanos para fazer experiência em laboratório ( células troncos embrionária)

· 9° Dilma e o PT assinou o PNDH3 (PROGRAMA NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS) que proíbe a utilização de símbolos religiosos (bíblia e crucifixo) em locais públicos.

· 10° Dilma e o PT ajudou elaborar a lei PLC122/2006 que cria uma ditadura gay no Brasil.(diz a lei que qualquer padre e pastor que fizer uma pregação criticando o homossexualismo será preso. Qual quer pessoa que tiver uma babá lésbica e ela molestar a própria filha não poderá ser mandada embora.qualquer lanchonete ou igreja que tiver casal gay trocando caricias e alguém chamar a atenção será presa etc.


11° Dilma e o PT assinou com atual governo o PNDH3(PROGRAMA NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS)que tira a liberdade de expressão e põem a censurar a Imprensa em todo o Brasil

· 12° Com atual governo apoiaram e distribuíram PILULA DO DIA SEGUINTE (que é abortiva)em posto de saúde no SUS, e alem disso com o atual governo estão implantando maquinas de preservativo nas escolas brasileiras (um verdadeiro incentivo a promiscuidade)

· 13° Seu atual partido PT expulsou 2 deputados (NEI BASSUNA,E HENRIQUE AFONSO)só por que os 2 eram contra o aborto.devemos lembrar que a senhora DILMA foi terrorista assaltante de banco e assassina de3 pessoas durante a ditadura militar.ela foi treinada em CUBA para implantar o comunismo ateu no Brasil. Seu partido PT assumiu em setembro de 2007 no congresso o compromisso de legalizar o aborto no Brasil e punir qualquer deputado petista que se pronunciar contra .

·
OBS: Se você e CRISTÃO e aceita essas aberrações do PT e da DILMA troque seu cristianismo pelo petismo e saiba que um dia você estará diante do justo juiz JESUS CRISTO prestando conta de cada CRIANÇA ASSASINADA NA BARRIGA DA MÃE por essas leis malditas elaborada pelo PT e pela DILMA . Os abortistas ( Assassinos) não herdarão o reino de DEUS ( Gálatas 5,19 Apocalipse 21,8. ) JESUS veio para todos tenham vida ( João 10,10) é PECADO assassinar uma criança na barriga da sua própria mãe .


Só defende o ABORTO quem já nasceu, é uma pena que a mãe da Dilma não tenha abortado ela assim estaríamos livre desta MALDITA .

Todos os Cristãos jamais devem VOTAR em pessoas ABORTISTAS ou filiar-se em PARTIDOS QUE DEFENDEM O ABORTO. ( JOAO PAULO II)

SENHOR JESUS LIVRAI-NOS DA MALDIÇÃO DA DILMA E DO PT (PARTIDO DAS TREVAS)

PT ameaça Pastor Paschoal Piragine Jr (VIDEO)



Em dez dias, quase 400 mil pessoas já assistiram ao vídeo da mensagem do Pr. Paschoal Piragine Jr expondo os perigos de se votar no PT. Veja o vídeo aqui: http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI

Tudo o que ele faz é dizer o óbvio: O PT é um partido comprometido com o aborto e o homossesxualismo. Quem duvidar disso, olhe para Lula, que passou seus oito infames anos de governo lutando para impor o aborto e o homossexualismo no Brasil.

Revoltados e desesperados com o direito de livre expressão do Pr. Piragine, líderes do PT no Paraná, segundo reportagem da Rádio CBN do Paraná, querem processar o pastor. A reportagem completa em áudio está aqui: http://www.cbncuritiba.com.br/arquivo/download/1995-PastorPT-Marcio.wma

Acho que os cristãos no Brasil estão acovardados. Em nosso nariz, Lula e seu bando no governo defendem descaradamente o aborto e o homossexualismo, e nenhum líder católico ou evangélico os ameaça de processo. Pelo direito democrático, todos temos direito de processá-los, pois tanto Lula quanto seu bando estão desrespeitando a maioria esmagadora da população brasileira, que não tem nenhuma obsessão de ver o aborto e a sodomia legalizados. Se há obsessão nesse sentido, é só entre os socialistas.

Convido a todos os que lerem esta mensagem a apoiarem o direito de livre expressão do Pr. Paschoal Piragine e a processarem Lula e seu bando pelo infame programa federal “Brasil Sem Homofobia” e outras iniciativas do governo que desrespeitam o povo brasileiro.
É hora de agir!
Distribua amplamente esta mensagem aos seus amigos.

Julio Severo
Fonte:
http://juliosevero.blogspot.com/2010/09/pt-ameaca-pr-paschoal-piragine-jr.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+JulioSevero+

São Pedro Julião Eymard



V   I   D   A

  Pedro Julião Eymard nasceu no norte da França, em Esère, no dia 4 de fevereiro de 1811, primeiro filho de um casal de simples comerciantes, profundamente religioso Pedro Julião e Maria Madalena Pelorse. Todos os dias, sua mãe levava-o à igreja, para receber a bênção eucarística. Assim, aos cinco anos de idade, despontou sua vocação religiosa e sacerdotal.
Mas encontrou a objeção do seu pai. Apesar de muito religioso, ele não concordou com a decisão do filho, porque precisava da sua ajuda no trabalho, para sustentar a casa. Além disto, não tinha condições de pagar as despesas dos estudos no seminário. Diante desses fatos, só lhe restava rezar muito enquanto trabalhava e, às escondidas, estudar o latim. Em 1834, conseguiu realizar o seu sonho, recebendo a ordenação sacerdotal na sua própria diocese de origem celebrou sua primeira Missa em 26 de outubro de 1834.
Após alguns anos no ministério pastoral, em 1839, padre Eymard entrou na recém-fundada Congregação dos Padres Maristas, em Lyon. Nesta Ordem permaneceu durante dezessete anos, chegando a ocupar altos cargos. Foi quando recebeu de Maria Santíssima a missão de fundar uma obra dedicada à adoração perpétua da eucaristia.
Aliás, padre Eymard já notava que havia certo distanciamento do povo da Igreja. Algo precisava ser feito. Rezou muito, pediu conselhos aos superiores e para o próprio papa Pio IX. Entretanto, percebeu que por meio do Instituto dos Maristas não poderia executar o que era preciso. Deixou o Instituto e foi para Paris.
Em sua primeira viagem a Paris, o Pe. Eymard tomou contacto com a Adoração Perpétua e conheceu um judeu convertido, Ermano Cohen, que iniciara a adoração noturna dos homens. Nos meios eucarísticos, conheceu também um capitão de fragata, Conde Raimundo de Cuers, que depois seria seu auxiliar na nova congregação dos Sacramentinos.
Um dia o Pe. Eymard orava na basílica de Fourvière, diante do altar de Nossa Senhora. Assim descreve inspiração que lhe veio ao espírito nessa ocasião: “Estava rezando, quando se apoderou de mim um pensamento tão forte, que me absorveu a ponto de perder completamente todo outro sentimento: para glorificar seu Mistério de Amor, Jesus, no Santíssimo Sacramento, não tinha um corpo religioso que fizesse disso sua finalidade e a isso dedicasse todos os seus cuidados. Era necessário que houvesse um”. E quem tinha a graça para fazê-lo era ele próprio.
Quanto lhe custou para levar essa obra avante! Religioso, com os três votos, não era livre para dedicar-se inteiramente à obra que a Providência lhe pedia. E o superior geral dos Oblatos de Maria Imaculada não queria dispensá-lo dos votos, para não perder um tão útil elemento para sua congregação.
Pe. Eymard consultou o próprio Papa Pio IX sobre a possível futura congregação. Respondeu o imortal Pontífice: “A obra vem de Deus, estamos convencidos. A Igreja necessita disto: que se sigam todos os caminhos para tornar conhecida a divina Eucaristia”.
Finalmente o Pe. Eymard conseguiu dispensa dos votos. Com o Conde de Cuers, a essa altura ordenado sacerdote, deu início à Congregação do Santíssimo Sacramento. Ao arcebispo de Paris, que daria autorização para a nova congregação, explicou que “a nossa não é uma congregação puramente contemplativa. Nós fazemos a adoração, é certo. Mas queremos também levar outros a serem adoradores, e devemos nos ocupar das Primeiras Comunhões tardias. Enfim, queremos pôr fogo nos quatro cantos de Paris, que tanto necessita”. Entretanto, a vocação do verdadeiro adorador do Santíssimo Sacramento era, segundo ele mesmo, mais ampla: “Adorar perpetuamente Nosso Senhor no trono da graça e de amor, agradecer-lhe pelo inefável benefício da Eucaristia, tornar-se uma mesma vítima com Jesus Hóstia para reparação de tantos pecados que cobrem a Terra, exercer aos pés da Eucaristia uma missão perene de ação de graças e impetração pela Igreja, pela paz entre os príncipes cristãos, pela conversão dos pecadores, dos hereges, dos infiéis, dos judeus: eis o elemento perene da vida do religioso do Santíssimo Sacramento”.
E para sua concretização tinha se dedicado inteiramente: “Disse sim a tudo e fiz voto de dedicar-me até a morte à fundação de uma congregação de adoradores. Prometi a Deus que nada me deteria, devesse eu embora comer pedras e acabar no hospital. E, principalmente, pedi a Deus (e talvez fosse isto presunção de minha parte) trabalhar sem o menor conforto humano”.
Em 22 de maio de 1856, com a ajuda do arcebispo de Paris, fundou a Congregaçãodos Padres do Santíssimo Sacramento. E, depois de três anos, a Congregação das Irmãs de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento. Mais tarde, também fundou uma Ordem Terceira, em que leigos comprometem-se na adoração do Santíssimo Sacramento.
Padre Pedro Julião Eymard foi incansável, viajando por toda a França, para levar sua mensagem eucarística. Como seu legado, além da nova Ordem, deixou inúmeros escritos sobre a espiritualidade eucarística.
Muito doente, ele faleceu na sua cidade natal no dia 1º de agosto de 1868, com apenas cinqüenta e sete anos de idade. Beatificado pelo papa Pio XI em 12 de julho de 1925, foi canonizado pelo papa João XXIII em 9 de dezembro de 1962. Na ocasião, foi designado que a memória litúrgica de são Pedro Julião Eymard deve ser celebrada em 2 de agosto, um dia após o de sua morte.



O  R  A  Ç  à O

 
Deus, nosso Pai, São Pedro Julião viveu um profundo amor pela Eucaristia, centro de toda a vida da Igreja. Dai-nos viver em profundidade as exigências desse grande sacramento de amor. Que não haja divisões, rixas e violência entre nós que sentamos à mesa do Senhor e participamos de sua ceia.
Jesus lavou os pés de seus discípulos, mostrando que a nossa vocação é servir, compartilhar angústias e alegrias, carregar os fardos uns dos outros, trabalhar pela reconciliação dos homens, implantar a fraternidade, construir a paz e fazer deste mundo uma habitação onde todos os homens, sem diferenças de cor, raças e credos, possam viver sem medo, sem ameaças, sem riscos de vida. Dai-nos compreender que a “Eucaristia” é “vida”, vida doada e repartida, é dom de si mesmo ao outro, é um grito de denúncia contra tudo aquilo que divide e conduz ao desespero e à morte.
Vós sois a Vida, por isso nós vos louvamos.
São Pedro Julião, rogai por nós!

FONTE: 33 CATÓLICO