Exorcismo

Padres Exorcistas explicam

Consagração a Virgem Maria

Escravidão a Santissima Virgem, Orações, Devoção

Formação para Jovens

Espiritualidade, sexualidade, diverção, oração

5 de nov de 2010

Comece hoje sua preparação para consagrar-se à Virgem Maria

05 de Novembro: início da preparação para a CONSAGRAÇÃO TOTAL!


Amigos,

O inferno treme ao ver grupos, em todo o Brasil, prepararem-se para realizar, junto conosco, no dia 08 de Dezembro próximo (solenidade da Imaculada Conceição), a CONSAGRAÇÃO TOTAL a Santíssima Virgem, segundo a proposta de S. Luis Maria Montfort no maravilhoso "Tratado da Verdeira Devoção a Santíssima Virgem".

O Santo Sacrifício da Missa, no dia 08 de Dezembro, onde as Consagrações serão feitas (ou durante, ou imediatamente após a Missa) será celebrada pelo Pe. Paulo Ricardo.

Os 33 dias de preparação, portanto, iniciam-se esta semana, no dia 05 de Novembro!

Não tenho dúvidas que será um grande período de graça e "kairós" para todos nós, para também de muito combate espiritual, com essas últimas semanas já tem sido, de forma até surpreendente, para nós que estamos a frente desta Campanha.

A cada dia, deverão ser feitas as orações propostas por São Luis, que são orações simples que podem ser feitas em poucos minutos, mas com uma intensão muito profundas.

As orações podem ser feitas individualmente, mas nos lugares em que estão havendo grupos de preparação, creio que seria de grande proveito, no sentido de fortalecermos uns aos outros, se os que puderem fizessem em grupo as orações (por exemplo, aqueles que se encontram na Missa diária, poderiam combinar de fazer as orações juntos, antes ou depois da Missa).

Retomamos uma eventual pergunta: Não li o Tratado ainda. Posso me Consagrar, ou iniciar os 33 dias de preparação, mesmo assim?

A nível geral, recomendo que NÃO se Consagre, e NEM MESMO que se inicie os 33 dias de preparação sem a leitura completa do Tratado, pois como se poderá preparar bem para a Consagraçao, sem a conhecê-la bem?

Além do mais, a Consagração é feita uma vez na vida, e portanto, é importante que se faça com esta preparação. Até porque a Consagração poderá ser feito em outro momento mais para adiante, após a leitura do livro.

Provavelmente organizaremos outros "arrastões" para a Consagração em grupos em outras datas; e a Consagração também pode ser feita de forma de isolada, em uma data à livre escolha da pessoa (por exemplo, dia 01 de Janeiro é data mariana, Solenidade de Maria Mãe de Deus).

Assim, recomendo que iniciem os 33 dias de preparação no dia 05 de Novembro somente aqueles que completaram a leitura do Tratado até o dia 04 de Novembro.

E ainda: "Falhei em algum exercício prático nos 33 dias ou no dia da própria Consagração, ou então cometi algum pecado mortal durante a preparação. Devo desistir de me consagrar no dia que propus?"

Recomendo, a nível geral, que NÃO desista, e faça Consagração!

Pois como dissemos, ela é um ato interior, NÃO depende necessariamente dos atos exteriores de preparação. O Demônio odeia a consagração, e poderá se utilizar de um escrúpulo nosso em não ter cumprido 100% a preparação para nos tentar a desistir de fazer. Por isso, recomendo que NÃO se desista por algumas falhas nesse sentido. No caso de uma queda em pecado mortal, que haja, evidentemente, arrependimento e se busque a Confissão o mais rápido possível.

Trazemos, abaixo, as orações para os primeiros 12 dias de preparação, dedicados para pedir o desapego do mundo (são do dia 05 de Novembro ao dia 16 de Novembro). Trazemos juntamente algumas palavras da Bíblia e de nossa Mãe Santíssima para contemplarmos nesses dias.

IMPORTANTE:

Pedimos que, aqueles que estão iniciando conosco esta preparação para fazer a Consagração no dia 08 de Dezembro, ou renovarem a Consagração junto conosco nesta data, principalmente os que são de outros lugares do Brasil ou do mundo, enviem os seus nomes para nós, MESMO AQUELES QUE JÁ ENVIARAM OS NOMES ANTERIORMENTE, pois agora estamos organizando um cadastro oficial, para os nomes serem entregues na Missa de 08 de Dezembro celebrada pelo Pe. Paulo Ricardo. Escrevam, então, para Fabrícia Rodrigues, que também está respondendo as dúvidas a respeito da Consagração e da preparação.



Abaixo, segue o material para a preparação, nos 12 dias pedindo o desapego do mundo.


No Jardim do Imaculado Coração da Santíssima Virgem,


Francisco Dockhorn, Seu indigno escravo por amor

-------

12 dias pedindo o desapego mundo





Para contemplar:

I Carta de São João, capítulo 3, v. 15-17:


"Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai. Porque tudo o que há no mundo - a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberbada vida - não procede do Pai, mas do mundo. O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de Deus permanece eternamente."


Nossa Mãe Santíssima em La Salette (França, 1846), aparição oficialmente aprovada pela Santa Igreja:


"Eu dirijo um urgente apelo à Terra: chamo os verdadeiros discípulos do Deus Vivo, que reina nos céus; chamo os verdadeiros imitadores de Cristo feito homem - o único e verdadeiro Salvador dos homens; chamo os meus filhos, os meus verdadeiros devotos, os que se deram a mim, para que eu os conduza ao meu Divino Filho - aqueles que eu levo, por assim dizer, nos meus braços; chamo os que viveram do meu espírito; chamo, enfim, os Apóstolos dos Últimos Tempos, os fiéis discípulos de Jesus Cristo, que viveram no desprezo do mundo e de si próprios, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus, no sofrimento, e desconhecidos do mundo. Já é hora de saírem e virem iluminar a Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos queridos. Estou convosco e em vós, desde que a vossa seja a luz que vos ilumine nesses dias de infortúnio. Que o vosso zelo vos torne como que famintos da glória fé e da honra de Jesus Cristo. Combatei, filhos da luz, vós, pequeno número que ainda tendes vista..."


Orações Diárias
(“Veni, Creator Spiritus” e “Ave Maris Stela”)


Vem, Espírito Criador (Veni, Creator Spiritus)

Vem, ó Criador Espírito,

As almas dos teus visita;

Os corações que criaste

Enche de graça infinita.

Tu paráclito és chamado,

Dom do Pai Celestial,

Fogo, caridade, fonte

Viva e unção espiritual.

Tu dás septiforme graça;

Dedo és da destra paterna;

Do Pai, solene promessa,

Dás força da voz superna.

Nossa razão esclarece,

Teu amor no peito acende,

Do nosso corpo a fraqueza

Com tua força defende.

De nós afasta o inimigo,

Dá-nos a paz sem demora,

Guiai-nos; e evitaremos

Tudo quanto se deplora.

Dá que Deus Pai e seu Filho

Por ti nós bem conheçamos

E em ti, Espírito de ambos,

Em todo tempo creiamos.

A Deus Pai se dê a glória

E ao Filho ressuscitado,

Paráclito e a ti também

Com louvor perpetuado.

Amém.

Enviai o vosso Espírito, e tudo será criado

E renovareis a face da Terra.

Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, concedei-nos que no mesmo Espírito conheçamos o que é reto, e gozemos sempre as suas consolações. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.


Ave, Estrela do Mar
(Ave, Maris Stela)

Ave do mar Estrela,

De Deus Mãe bela,

Sempre Virgem, da morada

Celeste feliz entrada.

Ó tu que ouviste da boca

Do anjo a saudação;

Dá-nos paz e quietação;

E o nome de Eva troca.

As prisões a os réus desata

E a nós, cegos, alumia;

De tudo que nos maltrata

Nos livra, o bem nos granjeia.

Que os rogos do povo seu

Ouça aquele que, nascendo

Por nós, quis ser Filho teu.

Ó Virgem especiosa,

Toda cheia de ternura,

Extintos nossos pecados,

Dá-nos pureza e brandura.

Dá-nos uma vida pura,

Põe-nos em via segura,

Para que a Jesus gozemos,

E sempre nos alegremos.

A Deus Pai veneremos;

A Jesus Cristo também,

E ao Espírito Santo; demos

Aos três louvor. Amém.

____________________________________________

Al Qaeda ameaça o Vaticano e declara os cristãos como "alvos tangíveis" onde quer que estejam


CAIRO, 04 Nov. 10 / 12:24 pm (ACI).- Três dias após o massacre de dezenas de católicos na Catedral de Bagdá, o Estado Islâmico do Iraque (EII) –um conglomerado de grupos terroristas muçulmanos liderado pelo Al Qaeda- ameaçou o Vaticano a provocar "mares de sangue" e declarou aos cristãos "brancos tangíveis lá onde estejam".


Conforme recolhe a imprensa internacional, o EII difundiu um comunicado em um conhecido site usado por grupos radicais, no qual exige ao Vaticano que se desvincule dos católicos coptos do Egito para não ser alvo dos ataques do Qaeda.


"Que saibam estes infiéis e a sua cabeça o Vaticano que a espada da morte não vai se levantar dos pescoços de seus seguidores até que (o Vaticano) anuncie que não tem nada a ver com o que fazem os cães da Igreja egípcia (...) para pôr fim ao crimes e pôr em liberdade as prisioneiras nos cárceres de seus mosteiros", diz na nota em alusão à suposta retenção de cristãs conversas ao Islã.


Os terroristas argumentam que se os dirigentes da Igreja Católica não tomam esta postura "abrir-se-ão as portas da destruição e os mares de sangue".


O texto anuncia "que todos os centros, organizações e organismos cristãos, com seus dirigentes e seguidores, são objetivos legítimos para os mujahedines lá onde possam ser alcançados".


O último domingo, ao menos 58 pessoas –incluindo dois sacerdotes católicos, numerosas mulheres e crianças- morreram na Catedral de Sayida An Nayá em Bagdá em um ataque terrorista e posterior operação para libertar as dezenas de fiéis retidos no templo enquanto se celebrava uma Missa.


A suposta retenção de muçulmanas em conventos foi desmentida pela Igreja no Egito.

Fonte: http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com/2010/11/al-qaeda-ameaca-o-vaticano-e-declara-os.html

Brasil: Mais um projeto de lei ameaçando a liberdade de expressão na internet.


04.11.2010 - Havíamos publicado alguns meses atrás sobre o projeto de lei 7.131, que visava atribuir responsabilidade por comentários em blogs e fóruns ao seu dono e também obrigaria todos os blogs e sites afins a utilizarem o registro de domínio registro.br.

Eu sinceramente acreditava que ninguém poderia elaborar uma lei mais draconiana e autoritária, mas nossos “nobres” deputados se superaram. O projeto de lei PL-7311/2010, de autoria do Deputado Eduardo da Fonte, do PP de Pernambuco, pede proibição do anonimato na internet. Nossos caros legisladores realmente não tem idéia alguma do funcionamento e da praticidade de implementar uma lei deste tipo. Sem falar na censura prévia que esta lei iria de fato implementar. Muito curiosamente estas duas leis tem os mesmos números, apenas em ordem diferente.

Vamos aos detalhes desta afronta que é este projeto:

Vedação ao anonimato e identificação:

Esta lei obriga a todos os sites que tenham informações do autor e endereço completo, expondo-o(a) a retaliações do governo. Na lei se sugere que o endereço seria utilizado para para o recebimento de correspondência, intimações ou notificações judiciais. Apesar da constituição federal já proibir o anonimato (você sabia disto?), implementar isto na internet seria difícil e

Comprovação das Informações e direito de resposta

A partir daí é que o texto desta lei começa a ficar “interessante”. – Qualquer site, inclusive blog, que produza matéria própria, ou reproduza matéria de terceiros, terá que comprovar a veracidade da informação prestada, e assegurar o direito de resposta no próprio site/blog/etc. Isto quer dizer que o blogueiro terá que expor seu endereço, não só aos maníacos por controle do governo, mas também aos sequestradores e ladrões. Isto sozinho faria alguém pensar duas vezes antes de iniciar um blog.

Obrigatoriedade de registro de jornalista

Posso estar enganado, mas me parece que esta lei obriga a existência de um jornalista reposável pelo blog. No primeiro parágrafo do artigo 2o diz: “Os responsáveis pelos sítios da Internet referidos no caput deste artigo devem, obrigatoriamente, indicar nome e registro profissional dos jornalistas responsáveis pelas matérias.” No segundo parágrafo diz “Aplica-se o disposto neste artigo aos sítios da Internet no Brasil que hospedem outros sítios da internet ou blogs.“.

A lei no artigo 4o obriga cria o direito de resposta para qualquer um que tenha sido citado em um site ou blog, que deverá ser atendido em até 24hs! Quer dizer, o seu blog ficará mais parecido com um chat. por exemplo, se esta lei já estivesse em vigor, amanhá teríamos uma matéria do deputado neste blog, explicando porque esta lei é tão necessária.

Multa

Agora é que a coisa fica quente. “A infração a qualquer dispositivo desta Lei sujeita os responsáveis pelo sítio da Internet no Brasil à multa no mínimo de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e no máximo de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para cada infração cometida“. Na proposta de lei 7.131 a multa ia de 2.000 até 5.000, esta vai até 10x mais.

Justificação da Lei

A justificativa da lei começa louvando o benefício para a sociedade da internet e da enorme profusão de sites, que trás uma visão mais crítica, etc. Mas então argumenta que em uma rede não regulamentada, existem abusos e os responsáveis pelos sites não tem como serem contactados. Ele afirma então que com uma “medida bastante simples”, obrigando a colocação do endereço completo para contato, trará a garantia básica de comunicação. Eu realmente estava correto quanto a obrigatoriedade de jornalista responsável. Na justicativa se diz: “Outra medida fundamental na relação entre as pessoas, intrínseca num país com liberdade de imprensa e que garanta a responsabilidade no agir e no transmitir de matérias jornalísticas, é a obrigatoriedade dos sítios que veiculem tais matérias de apresentar um jornalista responsável pelas matérias ou por todo o sítio“. Será isto então uma grande mina de ouro para jornalistas, ou veremos a grande maioria dos blogs no Brasil sendo fechados, pois quem irá pagar um jornalista para o que para muitos é apenas um hobby?

Praticalidade

Como seria implementada esta lei na prática? Criando a obrigatoriedade de identificação, divulgação de endereço e existência de jornalista responsável, os blogueiros brasileiros seriam desencorajados a publicarem conteúdos em sites localizados em servidores brasileiros. Veríamos uma debandada geral para sites no exterior. Ao governo restaria apenas proibir o acesso a sites no exterior, onde não teriam controle. Veremos então uma escalada de controle, que nos tornaria iguais ou ainda piores que governos totalitários como a China ou Coréia do Norte.

Esta lei irá apenas desencorajar as pessoas a escreverem blogs, com medo de retaliações , principalmente pelo governo. Sabemos que uma vez que estas leis estejam em vigor, elas serão utilizadas contra aqueles que levantarem sua voz para expor os crimes praticados pelas autoridades.

Eu enviei um email ao deputado, solicitando esclarecimento sobre o andamento da lei, uma vez que no site da câmara mostra apenas que ela foi apensada à PL-5.403/2001 e publicada no dia 24 de mario deste ano no Diário da Câmara dos Deputados.

Vamos nos mobilizar pessoal!!! Se ficarmos imóveis, achando que não é nada, estes maníacos irão colocar mais e mais instrumentos de controle ao nosso redor, que quando percerbermos, será tarde demais e a internet estará já comprometida. A internet hoje é nosso último refúgio para encontrar a verdade. Mostre sua indignação ao deputado através de sua página ou diretamente por seu..

Email: dep.eduardodafonte@camara.gov.br

Fontes:
Via: Blog Saku Xeio: Mais uma ameaça à liberdade de expressão na internet
Página Dep.Eduardo Da Fonte
Proposição: PL-7311/2010

Fonte: http://blog.antinovaordemmundial.com/


A Igreja é contra regimes marxistas.



O Brasil esta nas mãos de comunistas-socialistas(Regimes integralmente marxistas), isto é uma tragédia, pois estes regimes são ontológicamente desgraçados. Nosso blogger vai se esforçar para denunciar esta ação demoníaca que já esta sendo implantada no país. Confira citações bíblicas e ensinamentos dos papas sobre esta praga que esta acabando com a humanidade.

I. Passagens da Sagrada Escritura

"Ora o Senhor disse a Abrão: ... E eu farei sair de ti um grande povo, e te abençoarei, e engrandecerei o teu nome, e serás bendito" (Gn. 12:1,2). "Ora ele (Abrão) era muito rico em ouro e prata" (Gn. 13,2).

"Rico e pobre encontram-se: o Senhor criou-os a ambos". ( Pr. 22,2 )

"O prêmio da modéstia é o temor do Senhor, as riquezas, a glória, e a vida". (Pr.22,4).

O 5° mandamento proíbe roubar, e o 10° mandamento proíbe mesmo cobiçar as coisas alheias. Se a propriedade privada não fosse legítima, esses mandamentos não se justificariam. Somente se pode roubar o que é propriedade de outros. E quando o 10° mandamento fala em "coisas alheias" reconhece que a propriedade dos outros existe e é legítima.


II. Ensinamentos dos Papas

PIO IX:

"E, apoiando-se nos funestíssimos erros do comunismo e do socialismo, asseguram que a "sociedade doméstica tem sua razão de ser somente no direito civil" (Quanta Cura, 5).

LEÃO XIII:

"Não ajudar o socialismo - 34. Tomai ademais sumo cuidado para que os filhos da Igreja Católica não dêem seu nome nem façam favor nenhum a essa detestável seita" (Quod Apostolici Muneris, no. 34).

"Porque enquanto os socialistas, apresentando o direito de propriedade como invenção humana contrária a igualdade natural entre os homens; enquanto, proclamando a comunidade de bens, declaram que não pode tratar-se com paciência a pobreza e que impunemente se pode violar a propriedade e os direitos dos ricos, a Igreja reconhece muito mais sabia e utilmente que a desigualdade existe entre os homens, naturalmente dissemelhantes pelas forças do corpo e do espírito, e que essa desigualdade existe até na posse dos bens. 29. Ordena, ademais, que o direito de propriedade e de domínio, procedente da própria natureza, se mantenha intacto e inviolado nas mãos de quem o possui, porque sabe que o roubo e a rapina foram condenados pela lei natural de Deus" (Quod Apostolici Muneris, - Encíclica contra as seitas socialistas, no. 28/29).

"Entretanto, embora os socialistas, abusando do próprio Evangelho para enganar mais facilmente os incautos, costumem torcer seu ditame, contudo, há tão grande diferença entre seus perversos dogmas e a puríssima doutrina de Cristo, que não poderia ser maior" (Quod Apostolici Muneris, 14).

"25. Daquela heresia (protestantismo) nasceu no século passado o filosofismo, o chamado direito novo, a soberania popular, e recentemente uma licença, incipiente e ignara, que muitos qualificam apenas de liberdade; tudo isso trouxe essas pragas que não longe exercem seus estragos, que se chamam comunismo, socialismo e nihilismo, tremendos monstros da sociedade civil" (Diuturnum, Encíclica sobre a origem do poder- n° 25).

"A Igreja, pregando aos homens que eles são todos filhos do mesmo Pai celeste, reconhece como uma condição providencial da sociedade humana a distinção das classes; por esta razão Ela ensina que apenas o respeito recíproco dos direitos e deveres, e a caridade mútua darão o segredo do justo equilíbrio, do bem estar honesto, da verdadeira paz e prosperidade dos povos. (...) "Mais uma vez Nós o declaramos: o remédio para esses males [da sociedade] não será jamais a igualdade subversiva das ordens sociais" ( Alocução de 24/01/1903 ao Patriarcado e à Nobreza Romana).

" Importa, por conseqüência que nada lhe seja à democracia cristã mais sagrado do que a justiça que prescreve a manutenção integral do direito de propriedade e de posse; que defenda a distinção de classes que sem contradição são próprias de um Estado bem constituído". ( Leão XIII, Graves de Communi Re n° 4).

"A sociedade humana, tal qual Deus a estabeleceu, é formada de elementos desiguais, como desiguais são os membros do corpo humano; torná-los todos iguais é impossível: resultaria disso a própria destruição da sociedade humana."

"A igualdade dos diversos membros sociais consiste somente no fato de todos os homens terem a sua origem em Deus Criador; foram resgatados por Jesus Cristo e devem, segundo a regra exata dos seus méritos, serem julgados por Deus e por Ele recompensados ou punidos."

"Disso resulta que, segundo a ordem estabelecida por Deus, deve haver na sociedade príncipes e vassalos, patrões e proletários, ricos e pobres, sábios e ignorantes, nobres e plebeus, os quais todos, unidos por um laço comum de amor, se ajudam mutuamente para alcançarem o seu fim último no Céu e o seu bem-estar moral e material na terra." (extraída da Encíclica Quod Apostolici Muneris)

S. PIO X:

"Se [Cristo] chamou junto de si, para os consolar, os aflitos e os sofredores, não foi para lhes pregar o anseio de uma igualdade quimérica" (Notre Charge Apostolique n. 38).

PIO XI:

Não é verdade que na sociedade civil todos temos direitos iguais, e que não exista hierarquia legítima (Divini Redemptoris n° 33).

"A fim de pôr termo às controvérsias que acerca do domínio e deveres a ele inerentes começam a agitar-se, note-se em primeiro lugar o fundamento assente por Leão XIII, de que o direito de propriedade é distinto do seu uso (Encíclica Rerum Novarum, n°35). Com efeito, a chamada justiça comutativa obriga a conservar inviolável a divisão dos bens e a não invadir o direito alheio, excedendo os limites do próprio domínio; mas que os proprietários não usem do que é seu, senão honestamente, é da alçada não da justiça, mas de outras virtudes, cujo cumprimento não pode urgir-se por vias jurídicas (cfr. Rerum Novarum, n° 36)" - Encíclica Quadragesimo Anno.

"Sem razão afirmam alguns que o domínio e o seu uso são uma e a mesma coisa; e muito mais ainda é alheio à verdade dizer que se extingue ou se perde o direito de propriedade com o não uso ou abuso dele" -Encíclica Quadragesimo Anno."

"E se o socialismo estiver tão moderado no tocante a luta de classes e a propriedade particular, que já não mereça nisto a mínima censura? Terá renunciado por isso a sua natureza essencialmente anticristã? (...)Para lhes respondermos, como pede a Nossa paterna solicitude, declaramos: o socialismo, quer se considere como doutrina, quer como fato histórico, ou como "ação", se é verdadeiro socialismo, mesmo depois de se aproximar da verdade e da justiça nos pontos sobreditos, não pode conciliar-se com a doutrina católica, pois concebe a sociedade de modo completamente avesso a verdade cristã. (...) " (Quadragesimo Anno, nos. 117 e 120)

"Socialismo religioso, socialismo cristão, são termos contraditórios: ninguém pode ao mesmo tempo ser bom católico e socialista verdadeiro" (Quadragesimo Anno, no. 119)

"Estas doutrinas, que Nós de novo com a nossa suprema autoridade solenemente declaramos e confirmamos (...)" (Quadragesimo Anno, no. 120)

PIO XII:

"Pois bem, os irmãos não nascem nem permanecem todos iguais: uns são fortes, outros débeis; uns inteligentes, outros incapazes; talvez algum seja anormal, e também pode acontecer que se torne indigno. É pois inevitável uma certa desigualdade material, intelectual, moral, numa mesma família (...) Pretender a igualdade absoluta de todos seria o mesmo que pretender idênticas funções a membros diversos do mesmo organismo" (Discurso de 4/4/1953 a católicos de paróquias de S. Marciano)

JOÃO XXIII:

"Da natureza humana origina-se ainda o direito à propriedade privada, mesmo sobre os bens de produção" (Pacem in Terris, n°. 21).

PAULO VI:

Em 1965 durante o Concílio Vaticano II, Paulo VI recebeu o Conselho Episcopal Latino-Americano e na sua alocução ele atenta para o "Ateísmo marxista". Ele o apresenta como uma força perigosa, largamente difundido e extremamente nociva, que se infiltra na vida econômica e social da América Latina e pregando a "Revolução violenta como único meio de resolver os problemas" (Extraído do livro "Le Rhin se jette dans le tibre", pág 273. Ralph Wiltgen. Ed Editions du Cédre 1974, 5a tiragem)

JOÃO PAULO II:

"Nesta luta contra um tal sistema (o Papa está falando do capitalismo selvagem) não se veja, como modelo alternativo, o sistema socialista, que, de fato, não passa de um capitalismo de estado, mas uma sociedade do trabalho livre, da empresa e da participação" (no. 35) "A Igreja reconhece a justa função do lucro, como indicador do bom funcionamento da empresa" (no. 35) "Aquele Pontífice (Leão XIII), com efeito, previa as conseqüências negativas, sob todos os aspectos - político, social e econômico - de uma organização da sociedade, tal como a propunha o "socialismo", e que então estava ainda no estado de filosofia social e de movimento mais ou menos estruturado. Alguém poderia admirar-se do fato de que o Papa começasse pelo "socialismo" a crítica das soluções que se davam à "questão operária", quando ele ainda não se apresentava - como depois aconteceu - sob a forma de um Estado forte e poderoso, com todos os recursos à disposição. Todavia Leão XIII mediu bem o perigo que representava, para as massas, a apresentação atraente de uma solução tão simples quão radical da "questão operária". (n°. 12).

" Aprofundando agora a reflexão delineada (...) é preciso acrescentar que o erro fundamental do socialismo é de caráter antropológico. De fato, ele considera cada homem simplesmente como um elemento e uma molécula do organismo social, de tal modo que o bem do indivíduo aparece totalmente subordinado ao funcionamento do mecanismo econômico-social, enquanto, por outro lado, defende que esse mesmo bem se pode realizar prescindindo da livre opção, da sua única e exclusiva decisão responsável em face do bem e do mal. O homem é reduzido a uma série de relações sociais, e desaparece o conceito de pessoa como sujeito autônomo de decisão moral, que constrói, através dessa decisão, o ordenamento social. Desta errada concepção da pessoa deriva a distorção do direito, que define o âmbito do exercício da liberdade, bem como a oposição à propriedade privada". (no. 13).

"Na Rerum Novarum, Leão XIII com diversos argumentos, insistia fortemente, contra o socialismo de seu tempo, no caráter natural do direito de propriedade privada. Este direito, fundamental para a autonomia e desenvolvimento da pessoa, foi sempre defendido pela Igreja ate nossos dias" (Enc. Centesimus Annus, tópico 30 da ed. Paulinas)

Bento XVI:

Desde o século XIX vemos levantar-se contra a atividade caritativa da Igreja uma objeção, explanada depois por insistência do marxismo; “Os pobres não teriam necessidade de esmolas, mas sim de justiça” este argumento não é válido é verdade a função do estado de ajudar os pobres, mas existe o principio de subsidiariedade se o menor pode o grande não precisa intervir. Não se podem esperar tudo do estado, é uma mentalidade egoísta.

Bruno Cruz