Exorcismo

Padres Exorcistas explicam

Consagração a Virgem Maria

Escravidão a Santissima Virgem, Orações, Devoção

Formação para Jovens

Espiritualidade, sexualidade, diverção, oração

4 de out de 2010

Uma Blasfêmia que não pode continuar!

Caros amigos, como diz a Palavra de Deus em 2Tim capitulo 3 que nos ultimos dias haveria um período dificil, recebi um email que rasgou meu coração católico e ao mesmo tempo aguçou minha vontade de ser santo, venho aqui denunciar a vocês mais um plano de satanás para arrebanhar nossa juventude perdida, pervertida e destroçada pelo demônio. Nossa Senhora em suas aparições chora ao ver a quantidade de jovens que estão indo para o inferno através da promiscuidade, São Cura D'ars já dizia que quando uma pessoa entra em uma boate ou discoteca o seu anjo da guarda fica do lado de fora e um demônio lhe acompanha para dentro.

Agora imagine você indo em uma discoteca que tem o nome de M.I.S.S.A. (movimento dos interesados em sacudir a sua Alma)!!!
Onde o DJ fica vestido de padre, as garçonetes vestidas de freira, as pessoas vão beber, fumar, em um antro de prostituição com o rosário no pescoço?
Você deve estar se perguntando se isso realmente existe, pois é, infelismente chegamos a esse ponto lastimável.

Veja o video a baixo e veja ate que ponto uma pessoa que não conhece a Deus pode chegar.

Que a Virgem Maria sustente as famílias no amor, afirmou o Papa em Palermo

.- Milhares de fiéis e peregrinos participaram daoração do Ângelus dominical com o Papa Bento XVI, quem após ter celebrado a Santa Missaem ocasião do Encontro Eclesiástico das Famílias e os Jovens em Palermo, introduziu a oração mariana recordando que a Santa Mãe de Deus é o modelo de vida cristã.

“Neste momento de profunda comunhão com Cristo, é formoso, como família eclesiástica, dirigir-nos em oração à Maria Santíssima Imaculada, Mãe dela e Mãe nossa. A Sicilia está constelada por Santuários marianos, e desde este lugar, sinto-me espiritualmente no centro desta ‘rede’ de devoção, que reúne todas as cidades e todos os países da ilha”, disse o Pontífice.

O Santo Padre continuou encomendando à Virgem Maria “todo o povo de Deus que vive nesta amada terra”… para que “sustente as famílias no amor e no compromisso educativo; torne fecundas as sementes de vocação que Deus põe entre os jovens; inspire valor nas provas, esperança nas dificuldades e renovado impulso em realizar o bem”.

“Que a Virgem conforte os doentes e quantos sofrem, e ajude as comunidades cristãs para que ninguém seja marginalizado ou necessitado, e que cada um, especialmente os menores e os mais fracos, sintam-se acolhidos e valorizados”, continuou.

O Santo Padre recordou aos presentes que Maria é “o modelo da vida cristã”, e dirigindo-se a ela em oração pediu que Virgem Santíssima ajude os presentes a “caminhar alegres pelo caminho da santidade, pelos passos de tantos luminosos testemunhos de Cristo, filhos da terra siciliana”.

Bento XVI concluiu recordando a hodierna beatificação de Anna Maria Adorni, quem no século XIX “foi esposa e mãe exemplar, e depois de enviuvar, dedicou-se à caridade pelas mulheres encarceradas e em dificuldade, fundando dois Institutos religiosos para servi-las. Ela era chamada ‘Terço vivente’”.

O Papa rezou o Ângelus dominical, saudou os presentes em distintos idiomas, e repartiu sua bênção apostólica.