Exorcismo

Padres Exorcistas explicam

Consagração a Virgem Maria

Escravidão a Santissima Virgem, Orações, Devoção

Formação para Jovens

Espiritualidade, sexualidade, diverção, oração

30 de set de 2010

A História que o PT não mostrará na TV


Este vídeo está excelente: um trabalho de primeira qualidade, realmente profissional. Para os que reclamam que só estamos falando em “aborto, aborto, aborto”, eis aqui outros motivos pelos quais a sra. Rousseff não merece o voto dos brasileiros e não tem condições de governar o Brasil.
Estou convencido de que as questões morais são o divisor de águas entre a conivência (tácita, ao menos) com os crimes do PT e as pessoas que, ao menos, têm suficiente amor à Pátria para colocá-la acima de questões partidárias. Vale a pena, no entanto, ver e divulgar a história que o PT não vai mostrar na televisão. Esta é a Dilma Rousseff. E aí, vai mesmo votar nela?
* * *

Nota do Movimento Brasil sem Aborto [sobre Dilma Rousseff e os "boatos" de que ela seria abortista]

NOTA DO MOVIMENTO NACIONAL DA CIDADANIA PELA VIDA – BRASIL SEM ABORTO
SOBRE AS ELEIÇÕES 2010 E A QUESTÃO DO ABORTO

O Movimento Nacional da Cidadania pela vida – Brasil Sem Aborto, de natureza supra-partidária e supra-religiosa, com sede nacional em Brasília, neste momento extremamente importante para o futuro do nosso país, vem a público manifestar sua preocupação com o oportunismo político com que está sendo tratada a questão do aborto, nestas eleições.
É estarrecedor que algo tão importante como a defesa da vida, desde a concepção, seja tratado sem a devida explicitação do posicionamento de cada candidato à Presidência da República, aos governos de Estado, ao Senado Federal e à Câmara dos Deputados.  Entendemos que a coerência e a clareza de posicionamento, não só nesta conjuntura eleitoral, deva prevalecer junto aos eleitores brasileiros. Não podemos aceitar que candidatos que  manifestaram publicamente, com palavras e ações, posicionamento pela descriminalização do aborto venham agora silenciar sobre suas posições ou declarar-se agora contra o aborto de maneira oportunista, ambígua e eleitoreira, visando confundir os eleitores. Quem efetivamente é contra o aborto não teme posicionar-se claramente contra a sua legalização ou descriminalização, por entender que o direito à vida é o mais fundamental de todos os direitos humanos.
Para contribuir para essa clareza de posicionamento, o Movimento Nacional da Cidadania pela Vida – Brasil Sem Aborto lançou desde o início desta campanha eleitoral a CAMPANHA NACIONAL GOVERNOS E PARLAMENTOS PELA VIDA com o slogan “A VIDA depende do seu VOTO” com o objetivo de identificar os candidatos e candidatas que tem posição contra a legalização do aborto em nosso país e que queiram assinar “Termo de Compromisso” com firma reconhecida em cartório tendo os seus nomes inscritos numa lista por Estado, no site http://www.brasilsemaborto.com.br/
Entendemos que os eleitores brasileiros não podem ficar à mercê dos “lobos vestidos com pele de cordeiro” cuja intenção é GANHAR VOTOS para vencer as eleições e,depois de empossados, mostrar a sua verdadeira face no apoio à cultura de morte que tem como objetivo no governo federal, estadual ou no Congresso Nacional estabelecer políticas de incentivo à prática do aborto no SUS e na articulação para descriminalizá-lo e aprovar uma legislação que o legalize em nosso país, tal como consta no PNDH-3 e no recentemente acordo internacional assinado pelo governo brasileiro denominado de “consenso de Brasília”.
Por que LEGALIZAR a Morte quando queremos Vida?
Brasília, 30 de setembro de 2010.

Lobos em pele de Cordeiro

 “Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa, desde que não se falte à verdade, sendo obra de caridade gritar ‘eis o lobo!’ quando está entre o rebanho ou em qualquer lugar onde seja encontrado.”

São Francisco de Sales
 


Caríssimos Irmãos e Irmãs,
 
Os tempos em que estamos vivendo têm sido os piores. Hoje querem relativizar tudo como se tudo fosse relativo. Quando relativizamos, estamos querendo dizer que há uma relação entre uma coisa e outra. Agora, você há de convir comigo que não há nenhuma relação entre matar alguém que não possa se defender com questão de saúde pública, certo? Logo, não existe essa de "minha verdade", que é deixar um bebê vingar a gravidez, ou "sua verdade" que é matá-lo independente do que seja a situação. Matar é matar e pronto!
Pois bem. Há tempos venho denunciando neste blog as armadilhas do PT em declarar o aborto apenas uma questão de Saúde Pública. Eu queria ver um pró-aborto dizer para esta mulher se o aborto é mera questão de Saúde Pública depois que ela, ao ser induziada à morte pelo aborto, nasceu viva e vive até hoje, militando em favor da vida. A Dilma já se posicionou favorável ao aborto diversas vezes. E ela está caindo, dia após dia, nas enquetes eleitorais, visto que apenas 3% da população brasileira quer o aborto. Para limpar a barra, partiu pra cretinice, chamando o povo brasileiro de burro. Primeiro ela fez uma reunião com Católicos e Evangélicos para dizer que NÃO É favorável ao aborto. E ela não fez isso só porque gosta dos cristãos, não. Ela o fez porque sabe que os cristãos unidos podem "prejudicá-la". Pois bem. Só que que ela mesmo disse que o aborto é uma AGRESSÃO à mulher. E o bebê? Nada? Em nenhum momento deste vídeo Dilma fala do feto que MORRE! Meu Deus! Ela não leva em consideração o que está dentro!!! A mulher não está carregando um ser indigesto, poxa! É uma vida em desenvolvimento! Será que a Dilma não passou também por este processo, quando foi gerada e quando gerou uma vida? E o pior é que ela já disse isso, inclusive, em debates em redes de TVs Católicas. Ela está ora lá, ora cá! Mas não creiam, católicos, em nada do que ela diz, pois ela mente! Contudo, o que foi (e é) mais nojento  saber é que nesta reunião, o Professor e Candidato a Deputado Federal, Gabriel Chalita, fez-se presente. O que não seria nada estranho, já que ele mesmo afirmou que a Dilma tem um trajeto histórico mais lindo que ele já conheceu.

Quão tamanha é a ardilosidade desta mulher. Diz em público que é favorável a leis pró-aborto, e depois quer se reunir com Cristãos para dizer que não é? Por acaso a senhora Dilma Rousseff é bipolar? Não. É cara-de-pau! Sem-vergonha! Todos nós sabemos que o PT é o partido que mais quer a legalização do aborto. E todos sabemos que a Dilma, fantoche do Lula, também o quer. A quem ela quer enganar?
Apesar da morosidade, após Dom Luiz Gonzaga dar a cara a tapas, toda a CNBB Sul falou contra este lobo chamado PT & Cia. E não só a CNBB, mas todo o país está se mobilizando nesta luta. Só que ainda somos poucos! Todos precisam se unir! Todos nós precisamos parar de acreditar em lendas e denunciar vigorosamente este ardilosidade chamada PT! Eles querem o aborto sim! Eles querem denigrir Cristo em seus filhos indefesos! Nós não podemos nos coadunar com isto, meus irmãos e irmãs! Não podemos descumprir as palavras de São Tiago, que diz: "Aquele que souber fazer o bem, e não o faz, peca!" (4,17). Temos que agir como nos instruiu São Francisco Sales na frase que encabeça este artigo: denunciar com Caridade, e Caridade é sinônimo de Verdade, e na Verdade não há "melzinho na chupeta" não! Repito aqui a frase do nobre Santo: “Os inimigos declarados de Deus e da Igreja devem ser difamados tanto quanto se possa, desde que não se falte à verdade, sendo obra de caridade gritar ‘eis o lobo!’ quando está entre o rebanho ou em qualquer lugar onde seja encontrado.” É isso o que devemos fazer! Sem medo, com ousadia, em Cristo e por Cristo! Já está mais que Claro que o PT quer legalizar o aborto. E é contra esta atitude sórdida que devemos lutar. E ela sabe que estamos lutando, porém, prefere chamar a isto de ataque. (como se o ataque dela à vida não o fosse!)
No começo deste artigo citei que nesta reunião estava o Gabriel Chalita. Ele, justo ele,do meio católico, mas que está apoiando descaradamente uma abortista, estava lá como que para dizer que "A Dilminha é gente boa!" Ora seja, Chalita! De que lado você está? E notem que não são apenas os católicos blogueiros que estão escandalizados com o Chalita, não! A Emmir Nogueira e o Marcos Volcan também estão! E aí? Será que vai sobrar processo pra eles também como já sobrou para uma Comunidade Católica? Será que nós aqui também seremos processados por causa da Verdade? Se o formos, louvaremos a Deus, pois denunciamos a mentira para que a Verdade nos faça livres. E não estamos sozinhos. Estamos com Cristo e a Igreja.
O tempo curto, meus irmãos e irmãs. Não nos enganemos!

Venha a nós o Vosso Reino, Senhor Jesus!
Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós e livrai o Brasil dos males do Comunismo.
Amém!

Evelyn de Souza Mayer de Almeida,
Católica, Mãe, Professora e Inconformada cidadã brasileira.

Poema para o Presidente Lula

Assisti no Mídia sem Máscara a um vídeo genial intitulado Poema para o Presidente Lula. O autor deste vídeo faz um poema elucidando toda e qualquer dúvida sobre o caráter deste imbecíl que governou nosso país por eternos longos anos, e que ainda deseja governar, lançando a Dilma para ser sua marionete. mas o que poderíamos esperar de um homem sem o mínimo de cultura e que se compara a Jesus Cristo?



Reflitam!

Do vídeo, destaco esta frase:

"O analfabeto político é um burro que se orgulha e estufa o peito, dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecíl que da sua ignorância nasce a prostituta, o menor abandonado e o pior de todos o bandidos, que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo."



29 de set de 2010

EXTRA! MAIS UM BISPO CATÓLICO DENUNCIA MANIPULAÇÃO POLÍTICA PERIGOSA DO PT E COMPRA DE VOTOS NO NORDESTE

Dom Emílio denuncia as táticas do PT no Nordeste.
Assista clicando aqui.

Faça a sua parte!


"Aquele que souber fazer o bem, e não o faz, peca. " Tg 4,17




Caríssimos Irmãos e Irmãs,


É chegado a hora de decidirmos o destino de nosso país. É chegado a hora de glorificarmos o Nome de Jesus (cf. Jo 12,23). Podemos fazer isto neste domingo, 3 de outubro, pós festa dos Santos Anjos e véspera de São Francisco. No dia dedicado ao Senhor, dia em que glorificamos a Cristo na Santa Missa, somos convidados a cumprir nosso papel como cidadão. A nossa fé não pode estar acima da Democracia. A verdade está sufocada e apenas nós, homens e mulheres de fé, comprometidos com o Evangelho, podemos fazer a diferença.

A CNBB Sul 1 lançou uma nota que pode ser impressa em forma de panfleto de 4 páginas para distribuirmos em nossas igrejas e grupos. Neste panfleto encontra-se uma exortação que apenas a Igreja, como Mãe e Mestra, têm por direito e obrigação em dar: nossos bispos recomendam que não votemos em candidatos pró-aborto e denunciam que o Partido dos Trabalhadores assimiu compromisso com a legalização do aborto durante seu III Congresso, em 2007. Caso você ainda tenha dúvida, assita a este vídeo.

Faça o download, imprima e distribua para o maior número de pessoas que você puder. Fazendo isso, você fará o bem que pode e não pecará. Não enterre o talento que o Senhor lhe deu. Não deixe que Cristo morra em cada bebê abortado. Lute pela vida! Lute pela sua liberdade de expressão!Isto é de interesse de todos nós!

Download frente e verso do planfleto

Download interno do panfleto

O dia da decisão está chegando!

Você está rezando por essas eleições?
Você já estudou tudo o que é necessário para definir seu voto?
Se ainda não, ainda dá tempo, mas não demore! Domingo está aí!!!

Penso que o primeiro critério a ser observado é a consciência cristã do eleitor. De nada adianta votarmos em alguém que vá completamente contra a nossa fé só porque criou isso ou aquilo, ou porque pertence a Igreja tal. Não. Para isso, a Igreja nos orienta a observar se o candidato que escolhemos usará de tudo quanto for necessário para denigrir a fé ou defendê-la; se estará ao lado dos fatores morais ou amorais; se é um militante dos valores éticos ou não. Não é difícil observar isto em nossos candidatos, seja a qual cargo for. Quem leu e estudou tudo durante todos estes dias sabem bem do que estou falando. Há outros critérios que foram bem elencados pelos Bispos do Rio de Janeiro, do qual aconselho-os a ler.

O segundo critério, em meu ver, é a trajetória do candidato. Ele foi o que na política? E no quadro sociohistórico da sociedade? O que ele já fez de bom para o povo? Quais são seus argumentos filosóficos? Que representatividade este candidato fará? Qual a sua ideologia?

Um terceiro critério não menos importante é o partido ao qual este candidato pertença. Qual a Filosofia do Partido? Sua ideologia? Suas conquistas? O que este partido representa para a sociedade? Qual a história de militância do mesmo? O que seu estatuto traz que possa divergir dos meus valores?

Há ainda muitos outros pontos a serem analisados. Eu, por exemplo, jamais votaria no PT. Sabemos que o que salvou a economia brasileira foi o plano Real, e O PT, quando era da oposição, VOTOU CONTRA. Porém, ao tornar-se governo, aplicou-o tim-tim por tim-tim. Gabam-se por terem criado o Bolsa-esmola-Família, quando na verdade apenas juntou as tantas bolsas que o governo FHC havia criado. Mas isso é hábito do partido, que também NÃO VOTOU NOSSA CONSTITUIÇÃO - e portanto não sente nenhum compromisso com ela. A "democracia" sonhada pelo PT não é a atual democracia brasileira. Talvez porque eles quisessem algo "Alá Fidel", ou porque, na incopetência partidária, preferiram "ir na onda" que pegaram, no caso, o Governo FHC. Meus amigos que são Funcionários Públicos atestam: "no governo FHC tivemos o maior salário mínimo em valor efetivo, quase o dobro do atual".
Houve coisas boas no governo atual? Sim. Nada é completamente ruim. Mas não podemos nos deixar guiar por um governo que milita em pôr o pão em nossa mesa, e em contrapartida milita muito mais contra os valores éticos e morais, que diretamente tocam os nossos princípios e os moldam, ou afrontam. São os valores éticos, morais, filosóficos -e porque não - espirituais, que devem estar acima do pão nosso de cada dia. Apesar de vivermos em uma realidade democrática, jamais podemos colocar a democracia e a cultura acima da fé. O que deve estar em primeiríssimo lugar é a sua consciência diante de Cristo. É por Ele que você exerce seu papel civil democrático. Com isso, fica fácil escolher os candidatos que se opõe aos valores éticos, morais e cristãos.
Avalie o seu perfil com o do seu candidato. Observe quais são os candidatos que lutam por valores éticos, morais e religiosos. Saiba quem são os candidatos que labutam em questões que interessam a você, eleitor e cidadão católico.

Deixo aqui algumas coisas que puliquei em meu blog sobre política, também a contribuição de alguns blogs que sigo ou trabalho em parceria. Leia, clique nos intertextos e aprenda sobre tudo o que as eleições representam. Penso que poderá ajudar.


Ela terá 11 minutos

Os cristãos se levantam

O silêncio dos bons

Igreja, ouça seu Pastor

A um mês das eleições

O apelo dos Bispos de São Paulo

A menos de um mês das eleições

Não faltam motivos para não votar no PT

Eu vos apresento Dilma Rouseff

Salvem o Brasil

Kit Dilma

De que lado está Gabriel Chalita

Os protestantes e a Marina Silva

A obra de Maria e o PT

Ives Granda explica o PNDH3

Catofobia

Gabriel Chalita processa comunidade católica

Mãe dá lição de moral em petista

Lula: um fenômeno religioso

Chalita explica: é tudo boato

Quem está por trás do Tiririca

O que a RCC diz sobre as eleições

Padre Paulo Ricardo explica como votar

Dom Manuel Pestana se pronuncia sobre o PT

Dom Manuel Pestana escreve a José Serra


A ditadura anunciada

Orientação Pastoral de Don Rifan

Para os reticentes

Índio da Costa assina compromisso contra o aborto

28 de set de 2010

Testemunho de uma sobrevivente ao aborto (video)


Em tempos em que os homens querem determinar quem vive e quem morre, esta senhora australiana, Gianna Jessen, traz um testemunho tremendo.

Destaco este parágrafo maravilhoso:
“Que absoluta arrogância é o argumento existente por tanto tempo de que o mais forte deve dominar o mais fraco, deve determinar quem vive ou morre. Que arrogância! Vocês não percebem que não são capazes de fazer o próprio coração bater? Não percebem que todo o poder que pensam ter na verdade não lhes pertence? É a misericórdia de Deus que mantém vocês,mesmo quando vocês O odeiam.”



27 de set de 2010

RCC lança vídeo pedindo que católicos não votem em candidatos abortistas

 Dentro do contexto das eleições e da campanha “Nossa Pátria é mãe gentil”, que buscar arrecadar 1 milhão de assinaturas contra alegalização do aborto no Brasil, membros da Renovação Carismática Católica lançaram recentemente um vídeo para conscientizar os cidadãos sobre o perigo de dar o seu voto a um candidato ou candidata que promova o aborto.

“No dia 03 de outubro você vai decidir se uma multidão de crianças terá o direito de nascer ou de morrer dentro do ventre das suas mães”, afirmam os membros da RCC no vídeo.
Dependendo das posturas dos candidatos eleitos, os brasileiros poderiam estar “facilitando a descriminalização do assassinato de inocentes”, adverte também o texto promovido pela Renovação Carismática.

“Cada voto digitado nas urnas eletrônicas terá poder de decisão sobre o futuro do Brasil. Presidente, governadores, deputados e senadores eleitos nesse dia serão responsáveis por decisões que afetarão diretamente as nossas vidas cotidianas”, continua o alerta dos membros da RCC.
“O futuro de muitas crianças pode estar em jogo, caso a escolha por um candidato seja feita a favor de uma conduta abominável: o aborto”, advertem.

Denunciando a agenda abortista que distintos grupos vêm buscando impulsionar no país, na qual se prega que a criança é a culpada pela injustiça social e por isso se deveria promover seu assassinato no ventre, a RCC “conclama todos a lutarem pela vida e votarem com consciência”.

Assim, antes de votar, os membros deste movimento eclesial pedem ao eleitor que assista o vídeo que pode ser baixado em: http://www.rccbrasil.org.br/download_conta.php?id_down=190
O mesmo pode ser visto em: http://www.rccbrasil.org.br/noticia.php?noticia=6341

Se você deseja participar do abaixo assinado promovido pela Campanha Nossa Pátria Mãe Gentil, visite:
http://www.acidigital.com/noticia.php?id=20033

26 de set de 2010

Homilia maravilhosa de Padre Paulo Ricardo. Em quem votar ?

Padre Paulo Ricardo
Reitor do seminário de Cuiabá (MT)
Veja esta Maravilhosa homilia de Padre Paulo Ricardo, onde o Padre denuncia o plano de governo atual e o que acontecera se o PT continuar com o controle do nosso Pais.

EMF Milão 2012 "A família: O trabalho e a festa": Reflexão do Papa Bento XVI

.- O Cardeal Ennio Antonelli, Presidente do Pontifício Conselho para a Família, apresentou este meio-dia no Escritório de Imprensa da Santa Sé a Carta do Papa Bento XVI para o VII Encontro Mundial das Famílias Milão 2012, na que o Santo Padre faz uma reflexão sobre o tema do mesmo "A família: o trabalho e a festa".

"O trabalho e a festa –escreve o Papa na carta– estão intimamente relacionados com avida das famílias: afetam as decisões, têm influência nas relações entre os cônjuges e entre pais e filhos, incidem na relação entre a família e a sociedade e a Igreja".

O Santo Padre ressalta que "hoje em dia, por desgraça, a organização do trabalho, desenhada e posta em prática em função da competição do mercado e do máximo ganho, e o conceito da festa como oportunidade para a evasão e o consumo, contribuem à desagregação da família e a comunidade e a difundir um estilo de vida individualista".

"Por isso –continua–, é necessário promover uma reflexão e um compromisso para conciliar as exigências e os tempos do trabalho com os da família e a recuperar o verdadeiro sentido da festa, especialmente do domingo, páscoa semanal, dia do Senhor e dia do homem, dia da família, da comunidade e da solidariedade".

O Papa escreve que "o próximo Encontro Mundial das Famílias é uma ocasião privilegiada para voltar a expor o trabalho e a festa na perspectiva de uma família unida e aberta à vida, bem integrada na sociedade e na Igreja, atenta contra a qualidade das relações e a economia do núcleo familiar".

Seguidamente o Santo Padre expressa seu desejo de que "já no ano 2011, 30° aniversário da exortação apostólica ‘Familiaris consortio’" de João Paulo II, "’carta magna’ da pastoral familiar, comece um itinerário com iniciativas em nível paroquial, diocesano e nacional, com o fim de destacar as experiências de trabalho e de festa em seus aspectos mais reais e positivos, com especial insistência na incidência sobre a experiência de vida concreta das famílias".

Ao final da carta, o Santo Padre assinala que o VII Encontro Mundial, "igual que os anteriores, durará cinco dias e culminará no sábado de noite com a ‘Festa dos testemunhos’ e a manhã do domingo com a missa solene. Nestas duas celebrações, que presidirei, reuniremo-nos como ‘família de famílias’".

Comentando o tema da carta, o Cardeal Antonelli se referiu aos problemas que afetam a família e advertiu que "se privatiza e se reduz a um lugar de afetos e de gratificação individual; não recebe o adequado apoio cultural, jurídico, econômico e político; sofre o oneroso condicionamento de dinâmicas desintegrantes complexas, entre as que têm uma influência significativa a organização do trabalho e o declive da festa ao "tempo livre".

Neste sentido, sublinhou que o tema do Encontro de Milão "pode supor uma importante contribuição à defesa e promoção dos valores humanos autênticos no mundo atual, começando por novos estilos de vida familiar".

Na roda de imprensa de apresentação também participaram o Bispo Jean Laffitte, Dom Carlos Simón Vázquez e o Pe. Gianfranco Grieco, respectivamente secretário, subsecretário e chefe de escritório do Pontifício Conselho para a Família; o Bispo Auxiliar de Milão, Dom Erminio Do Scalzi, delegado do Cardeal Arcebispo Dionigi Tettamanzi para a organização do Encontro e Davide Milani, responsável pelas comunicações sociais desta arquidiocese.

PT é furiosamente abortista e moralmente amoral, denuncia Dom Manoel Pestana

 O Bispo Emérito de Anápolis Dom Manoel Pestana Filho em uma carta a José Serra, na qual critica o candidato do PSDB por ter favorecido oaborto quando foi Ministro da Saúde, denuncia também a política “furiosamente abortista” e “desabridamente amoral” do Partido dos Trabalhadores da candidata Dilma Rousseff afirmando que se for eleita, seria uma “catástrofe incontrolável”.

O Bispo expressa que as raízes cristãs de Serra não o deixarão “ir tão longe e tão fundo” quando se trata de atentar contra a vida dos não-nascidos. Dom Pestana acredita que há esperança de “conversão” para esse candidato em relação às suas posturas frente à vida, esperança que simplesmente não existe para Dilma e Lula, afirma o prelado.

Na missiva enviada por Dom Pestana a José Serra o prelado afirma ter conhecido o candidato “jovem ainda, simpatizante da JUC (Juventude Universitária Católica), num encontro em SP. Parecia-me inclinado à esquerda, um pouco deslumbrado, mas confiável. Acima de tudo com raízes cristãs”.

“Mais tarde- continua Dom Pestana- encontrei-o poucas vezes, antes de vê-lo em Brasília, no Ministério da Saúde, quando protestava contra a sua Portaria que abria a porta ao aborto “legal”.
Pudemos nos ver em Anápolis, na inauguração da Universidade de Goiás, quando ameaçou, em alta voz, prender o Pe. Lodi (conhecido sacerdote pró-vida) na sua campanha heróica”.

“Agora estamos diante de uma encruzilhada trágica, entre o PT, furiosamente abortista e desabridamente amoral, e a sua posição também sanguinária, mas por enquanto mais comedida, porque creio que a sua história e as suas raízes não o deixarão ir tão longe e tão fundo”, afirmou Dom Pestana.

“Agora não se trata de escolher o menor mal, mas entre uma catástrofe incontrolável e um incêndio limitado”. Assim o bispo expressa sua esperança de que o candidato José Serra “se converta porque com Dilma e Lula não creio haver a mínima esperança de conversão”, referindo-se às posturas destes políticos em relação à defesa da vida.

“Assim, ao menos a maldição do aborto não se perpetue com o desmantelamento da moral e possamos voltar a tempos melhores, que não me parece que mereçamos, devido ao nosso arrefecimento religioso e à busca desenfreada e imoral de vantagens, com toda espécie de capitulações traidoras”, expressou Dom Manoel.

“Resolvi escrever estas linhas devido à minha preocupação pelo futuro desta Pátria tão cheia de maravilhas, talvez um gigante ainda adormecido em berço esplêndido, mas que poderá conhecer dias melhores se tiver filhos dignos, que saibam defender a vida em todos os momentos”, conclui a carta do bispo emérito do Centro-Oeste brasileiro.

A Carta na íntegra pode ser vista em: http://www.providaanapolis.org.br/index1.htm

Carta a José Serra – Dom Manoel Pestana


Caro Serra,
Conheci o Sr. jovem ainda, simpatizante da JUC, num encontro em SP. Parecia-me inclinado à esquerda, um pouco deslumbrado, mas confiável. Acima de tudo com raízes cristãs. Lá estava também, se bem me lembro, o Plínio de Arruda Sampaio.
Eu era uma figura discreta, de batina preta, sonhando no inicio do sacerdócio com dedicar-me ao trabalho de formação de líderes cristãos, capazes de pesar positivamente no futuro da Igreja e da Pátria. Tempo de belos sonhos, ainda muito ingênuos mas decididos.
Mais tarde, encontrei-o poucas vezes, antes de vê-lo em Brasília, no Ministério da Saúde, quando protestava contra a sua Portaria que abria a porta ao aborto “legal” (!).
Pudemos nos ver em Anápolis, na inauguração da Universidade de Goiás, quando ameaçou, em alta voz, prender o Pe. Lodi na sua campanha heróica.
Agora estamos diante de uma encruzilhada trágica, entre o PT, furiosamente abortista e desabridamente amoral, e a sua posição também sanguinária, mas por enquanto mais comedida, porque creio que a sua história e as suas raízes não o deixarão ir tão longe e tão fundo.
Agora não se trata de escolher o menor mal, mas entre uma catástrofe incontrolável e um incêndio limitado.
Penso que os responsáveis entre nós por essa avalanche continental da esquerda revanchista, pelo menos rezem (Oxalá ainda se lembrem de rezar!), para que o Serra se converta porque com Dilma e Lula não creio haver a mínima esperança de conversão.
Assim, ao menos a maldição do aborto não se perpetue com o desmantelamento da moral e possamos voltar a tempos melhores, que não me parece que mereçamos, devido ao nosso arrefecimento religioso e à busca desenfreada e imoral de vantagens, com toda espécie de capitulações traidoras.
Resolvi escrever estas linhas devido à minha preocupação pelo futuro desta Pátria tão cheia de maravilhas, talvez um gigante ainda adormecido em berço esplêndido, mas que poderá conhecer dias melhores se tiver filhos dignos, que saibam defender a vida em todos os momentos.
Dom Manoel Pestana Filho
Bispo Emérito de Anápolis – Goiás

25 de set de 2010

Mãe dá lição de moral em petista

Este email que recebi é show!

É EXTENSO MAS VALE A PENA LER ATÉ O FINAL


Resposta bem dada a uma Petista

Não tem resumo nem vai passar no cinema

A propósito dos 80% que aprovam o Lula, vale ver, apesar de longa, essa troca de e-mails entre duas eleitoras. Uma mãe mandou para a filha um e-mail sobre o passado negro da Dilma. A filha repassou o email para seus amigos que, por sua vez, o repassaram para amigos. Aí uma petista se achou no direito de dar uma lição de moral na mãe.

Vale a pena ver as mensagens trocadas.

Da Lígia Rodrigues(a petista) para a mãe, Sra. Maria Luisa Faro:

"Mamãe que feio!!!!...ensinando a sua filhinha a acreditar nos absurdos que escrevem na internet? Acho melhor incentivá-la a estudar a História do Brasil e deixar que ela mesma tire as suas próprias conclusões, afinal quem estudar a História do Brasil, entenderá que nunca o nosso país esteve tão bem como hoje, tão forte na economia mundial, tão evidente, tão em crescimento e desenvolvimento quanto esteve nesses 8 anos de governo Lula!!!! E agora o que acontece? Acontece que a oposição está desesperada, porque está vendo o quanto o POVO está satisfeito ( governo Lula tem 88% de aprovação da população, aprovação que nenhum governo nunca tinha tido antes na história e aí vem me dizer que é porque o povo é ignorante? Não não meus queridos, o povo está satisfeito porque nunca teve tanta oportunidade, nunca teve tanta comida na mesa , nunca teve tanto emprego, isso sim) o quanto o Brasil cresceu e aí a única alternativa que resta é APELAR…. Apelar para a ignorância, para a mentira e para a ingenuidade de pessoas inocentes e que acreditam em todos os absurdos que circulam por aí…….então fica a minha dica: pesquisem!!!! Vejam o que realmente é verdade!!!

Ligia Rodrigues"



Ao que a mãe (Maria Luisa Faro) respondeu:

"Cara Lígia:

Da educação da minha filha cuido eu e decididamente não preciso da sua ajuda, embora agradeça seu interesse. Se você imagina que eu seja alguma semi -alfabetizada , desconhecedora da história e que me socorra apenas da Internet, para compor a minha (in) formação, como lamentável e invariavelmente procede a maciça maioria dos jovens da sua geração, saiba que sou do tempo em que se liam livros e se redigia em bom português. Tenho 58 anos, sou mestre e doutora em Direito Ambiental pela PUC –São Paulo, professora universitária e brasileira que lê. Porque leio, tenho a nítida compreensão do embuste que representam os tais 80% de popularidade disto que você chama de presidente e que eu prefiro chamar de populista barato, parte de uma corja que tomou de assalto este país, no maior estelionato eleitoral já visto na história brasileira. Estelionato, porque esta malta petista se elegeu sob as vestes imaculadas da correção, da ética e da transparência na política. Vendeu produto podre, cara Lígia. e você, consumidora desavisada, está comprando. Todos que fomos formados na hostes da esquerda brasileira, da década de 60 e 70, os que lutaram contra a ditadura (você seguramente não viveu o período sinistro da ditadura) , dando a cara para a polícia militar bater, não raro comprometendo vidas profissionais em razão de envolvimentos políticos, em nome da restauração da democracia neste país, sentem-se ludibriados, enganados e feitos de palhaços pelo PT de hoje. Eu, que já fui eleitora de José Dirceu, sou obrigada a assistir cenas explícitas de sua “competente” coordenação na montagem do mensalão, um deslavado programa de compra de apoio de parlamentares, cuja tarefa, em contrapartida ao dinheiro (seu e meu) que receberam mensalmente do PT, era invariavelmente votar a favor DE TUDO que se lhes fosse requisitado. Saiba que aí começam os 80% da “popularidade” do seu presidente. E Lula, que sempre dormiu dentro do pijama de José Dirceu, nunca soube de nada... Eleitora de José Genoíno que também já fui, igualmente, sou também obrigada a assistir cenas explícitas de suas atividades como gerente do mensalão, como chefe dessa organização criminosa que se instalou no poder, sob a batuta beneplácito e complacência de Lula, PARA QUEM TUDO SE PASSA, COMO SE NADA SE PASSASSE (até porque ele já resolveu a situação econômica até da quinta geração de seus descendentes, através da fortuna amealhada por seu filho, um ex- vigia de um zoológico no interior São Paulo e hoje trilhardário,- dificilmente em razão de seu trabalho e sua competência....). Dólares na cueca , Waldomiros... a lista é infindável. Mas, o mais monumental e ousado estelionato perpetrado contra a população deste país pela malta petista, está no “golpe de mestre” engendrado para viabilizar a reeleição de Lula: tomar dinheiro público, do erário, portanto, seu e meu, e distribuí-lo aos borbotões para a sofrida população carente do norte e nordeste, literalmente comprando o voto desses coitados (cada bolsa-alguma-coisa rende, por baixo, 6 votos, que é o tamanho de uma família média do norte e nordeste). Então, faça as contas e veja de onde vem a popularidade de seu presidente: maciçamente oriunda da adesão incondicional desses coitados, que não têm a menor idéia e nem sabem do que há embutido no dinheiro que recebem. Se eu fosse eles, tampouco quereria saber. Como não sou, sei: o PT copiou o projeto original de redistribuição de renda, concebido e operacionalizado inicialmente em Brasília, mudou o nome do programa como se cria sua fosse e, em mais um de seus estelionatos, assumiu a paternidade do programa, sem nunca ter tido a decência de dar CRÉDITO AO GOVERNO ANTERIOR QUE O CONCEBEU E IMPLANTOU. Com a abissal diferença, porém. O projeto original era vinculado a contrapartidas, como pré-requisito para a concessão da bolsa. Isto se chama investimento público e não aleluia com dinheiro público, distribuído obedecendo ao único e exclusivo critério de que cada bolsa-alguma-coisa, rende, como rendeu na reeleição de Lula, no mínimo, 6 votos. Então, Lígia, saiba que a popularidade desse presidente que lhe representa (a você, porque a mim não representa) tem o MESMÍSSIMO LASTRO, ORIGEM , NATUREZA, PERFIL E FORMATAÇÃO DO APOIO INCONDICIONAL que Lula recebeu dos parlamentares da Câmara Federal, durante o mensalão. E o dinheiro usado nessa mera transação comercial, aferível através de matemática simples, é seu, viu ? Lula passou sua vida fazendo bravatas, como ele próprio admitiu. Como parlamentar, teve atuação pífia. Nunca se ouviu falar de um projeto de lei de sua autoria. Claro, pouco afeito à leitura, como ele próprio afirma, dele não se esperaria nada diferente. Como presidente, sem a menor afinidade com a rotina e a disciplina inerentes ao expediente , gastou seu tempo - à guisa de entabular “negócios” com outros países- literalmente rodando mundo, fazendo propaganda de si próprio, como o "coitado" (!) que deu duro e venceu. Saiba que Europeu e americano amam o “exotismo” dos países periféricos (candomblé, mulher pelada no carnaval, favela etc.). Digo isto porque morei um ano nos E.U.A. em intercâmbio quando jovem, estudei Direito Internacional Público na Universidade de Edimburgo na Escócia, durante minha época de graduação em Direito e lecionei, por 7 verões consecutivos Direito Ambiental Brasileiro na graduação e no Mestrado da Universidade de Louvain, na Bélgica. Portanto, manjo bem o espírito com que europeus e americanos vêm o Brasil e a figura "exótica" de seu presidente. Pergunte se eles elegem populistas e políticos que mal sabem ler e escrever... Seu presidente, semi-alfabetizado que é (e isto é uma vergonha sim senhora! , para uma criatura que se dispôs a representar os brasileiros. Não obstante, ele carrega sua falta de estudo como um troféu) . Nós merecíamos, no mínimo, que ele tivesse se dado ao trabalho de dominar as regras básicas da língua portuguesa, porque teve sim chance, teve sim, tempo e teve sim, condições de estudar, se tivesse aptidão que não tem , para a disciplina inerente a qualquer atividade de aprendizado. Palanqueiro, demagogo, populista admirador das pataquadas de Chaves, de Ahmadinejad et caterva, seu presidente semi-alfabetizado confunde “prisioneiro político” com “prisioneiro comum”, como o fez, para a imprensa internacional, no episódio de Cuba (você se lembra, do prisioneiro político cubano que morreu em greve de fome exatamente no dia em que Lula chegou a Cuba, episódio sobre o qual seu presidente, no melhor estilo Odorico Paraguaçu, declarou: “se a moda pega, as cadeias brasileiras ficariam vazias!!!!?).

Sem comentários. Enquanto o mundo se empenha para banir a ameaça nuclear, seu presidente cruza o planeta com sua troupe , às custas de dinheiro público, para passar a mão na cabeça de um ditador sanguinário (vide dados recentes acerca das eleições e repressão à oposição no Irã) e negociar, sem ter mandato da comunidade internacional para isto, exatamente no papel de "bobo da corte" (foi assim que a comunidade internacional interpretou sua atuação no episódio) em torno do enriquecimento do urânio no Irã. No dia seguinte ao tal “acordo” , que Lula festejou para a imprensa internacional como um feito monumental, o ditador do Irã confirma para essa mesma imprensa, que “vai continuar enriquecendo urânio sim!!! como se Lula sequer lá tivesse estado. Bem feito! É isto que acontece quando se tem para conselheiro em política internacional “especialista” do calibre de um Marco Aurélio “top top” Garcia (lembra-se da comemoração furtivamente filmada no interior do Palácio do Planalto , assim que o jornal da Globo noticiou que o acidente da TAM se dera em razão de falha humana e não em razão das condições da pista de Congonhas?). Melhor teria sido até que as famílias das vítimas não tivessem testemunhado essa cena no Palácio, por parte de um assessor tão próximo do presidente). Escárnio, em nome de ganho político a qualquer preço. Esta é a política do PT atual, eleito com as vestais imaculadas da correção e da ética que vendeu e você comprou.

Não satisfeito, obtuso por desconhecimento da história, seu presidente se arvora de “vírus da paz”, no conflito do Oriente Médio que é BIBLICO (sabe o que significa isto?). O mundo e a ONU se empenham HÁ DÉCADAS tentando compor este conflito de interesses que já produziu um número incalculável de mortes. Lula achou que ele era o cara!!! É ter-se em alta conta demais, para quem seguramente sequer se debruçou sobre um manual de história geral do segundo grau. Diz o ditado : dá-se mala para andante, já pensa que é viajante... Alguém precisa dizer-lhe, “se manca, Lula!!! . Seu presidente tem muitas qualidades, Lígia, mas levar a sério a expressão do Obama "that´s the guy" (que, SEM A MENOR DÚVIDA, foi proferida em razão das graças e piadas que são a forma através da qual Lula se afirma, nessas reuniões políticas, nas quais depende inteiramente de alguém para traduzir o que se passa....), é muita pretensão. Não acho que presidente brasileiro tenha por obrigação falar inglês, não. Mas, convenhamos, é uma vergonha um sujeito que sempre quis ser presidente, não ter se dado ao trabalho de estudar uma língua estrangeira, em deferência aos brasileiros, para bem representar seu país. Mas não, dá-lhe pinga, piada e futebol. É assim a metáfora que faz de nós brasileiros no exterior. A mim, me ofende como cidadã e me envergonha como brasileira. Ah, mas ele é super popular no exterior! É a admiração de que não precisamos. Americanos e europeus gostariam , tenha certeza, ainda muito mais, se nosso presidente fosse o Raoni ( com todo o respeito e reverência que devemos aos sobreviventes das nossas comunidades indígenas, estes sim, vítimas de uma política indigenista de extermínio perpetrada por nós brancos, ao longo de todos os governos anteriores, inclusive por este, do PT).

Eleito pela primeira vez porque significava a mudança e a ética, fez um primeiro mandato durante o qual NÃO TEVE CULHÕES para implementar nada do que apregoou durante a campanha. Literalmente DEU CONTINUIDADE às iniciativas do governo Fernando Henrique , pelando-se de medo da inflação voltar e não ter a envergadura que teve Fernando Henrique, como estadista que foi, de aniquilar uma inflação que já estava no DNA dos brasileiros, de tão endêmica e embutida na psiquê do brasileiro. Descobriu, depois da posse, que os rumos do governo não poderiam nem deveriam ser diferentes daqueles adotados no governo anterior. Mas achou forma de “faturar” em cima do mérito alheiro Até os índices positivos de safras de grãos recordes, obviamente fruto de políticas agrícolas do período anterior, foram colhidos e computados pela máquina publicitária do governo petista como se fossem fruto do governo que mal iniciara....

Saiba que o que a máquina de propaganda deste governo apelidou de "herança maldita", foram os acertos dos governos anteriores que caíram no colo de Lula, ou alguém tem a ilusão de que implantação de políticas , de infra-estrutura etc... rendem respostas no dia seguinte em que são implantadas.. A crise internacional, que se festeja não ter chegado no Brasil, realmente não faz grandes marolas em um país que tem uma monumental parte da sua economia no plano informal, longe dos números oficiais. Este país anda, Lígia, com Lula, sem Lula ou com cover de Lula. Não é ele o artífice de nenhuma proeza política. É, sim, o artífice de uma monumental máquina de propaganda governamental, isto sim, "sem precedentes na história deste país" . Aliás, nem acredito que o mérito seja dele, porque ele é apenas a marionete à frente da cortina nesse teatro, por ser palanqueiro e empolgar a massa como Goebels fez no Alemanha nazista e menos votados como Jânio Quadros e Collor fizeram no Brasil. Deu no que deu., se você conhece história. Na era da televisão, usando dinheiro público na manutenção do circo, vende o produto Lula deslavadamente na embalagem que quer (vide esse programa virtual , que é mera versão e não fato, chamada PAC) para uma população infelizmente consumidora de novelas na telinha. A maciça maioria da nossa população não lê jornais. Ou você acha que é mera coincidência que ele não se elegeu nos estados de sul e sudeste, onde os índices de analfabetismo não muito menos drásticos? Lula é produto da desinformação e do analfabetismo de um lado e, de outro, do oportunismo de segmentos que viram no governo Lula a chance de se candidatar a uma das tetas dentre as inumeráveis (vide o número de ministérios que criou, para manter com o seu dinheiro) para, na base do clientelismo, perpetuar-se nas benesses do poder e usufruir das mamatas que sobejamente conhecemos. A próxima mamata para os petistas é a nova estatal criada para cuidar do pré-sal. Aguarde para ver o número de cabides de emprego para acomodar petistas que serão criados. Ah, sempre foi assim? Ah bom, pensei que o PT durante 20 anos pregando o contrário, fosse o partido da ética e de políticos honestos, porque foi isto que venderam a mim e à população brasileira... ? Era bravata? Ah bom. Então tá.

Em tempo: assine um jornal. Se há alguém mal informado aqui, talvez não seja exatamente a minha pessoa.

Maria Luisa Faro".

Quem está pos trás do Tiririca?

Segundo o Datafolha, o palhaço Tiririca será o deputado federal mais votado por São Paulo, com cerca de 3% dos votos.
Pela projeção do instituto, chegará perto de 900 mil votos.
 
Isto significa que o palhaço ajudará a eleger muitos políticos do seu partido, o Partido Republicano, e de sua coligação chamada “Juntos por São Paulo”.
 
A coligação é formada pelo seu partido, o PR, e seus aliados, os companheiros do PT, do PCdoB, do PTdoB e do PRB.
 
O PRB é o partido do senador Marcelo Crivella, do Rio de Janeiro, candidato à reeleição e apoiado pelo presidente Lula.
 
Crivella é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus e sobrinho de Edir Macedo, proprietário da TV Record, da qual Tiririca é funcionário.
 
Na coligação para a qual Tiririca é puxador de votos, estão candidatos envolvidos no escândalo do mensalão.
Entre eles o deputado Valdemar Costa Neto, que renunciou ao mandato para não ser cassado em 2005, sendo eleito em 2006.
 
E também petistas acusados no processo do mensalão, como João Paulo Cunha e José Genoino Neto.
 
Como o voto é proporcional, isto significa que cada coligação ganha o número de vagas de deputados conforme a sua votação total.
 
O deputado Enéas Carneiro, eleito em 2002 com 1,57 milhão de votos, ajudou a eleger mais 3 ou 4 colegas de partidos, todos com menos de 4 mil votos cada.
 
Em 2006, Enéas foi eleito com 386 mil votos, enquanto a sua primeira suplente, Luciana de Almeida Costa recebeu 3.980 votos e assumiu o mandato em 2007,
quando da morte de Enéas por leucemia.
 
Como dizia o deputado Ulysses Guimarães, jabuti não sobe em árvore. Se ele está na árvore, alguém o colocou lá.
 
 
Cláudio de Oliveira
http://chargistaclaudio.zip.net

24 de set de 2010

Lula: um fenômeno religioso

Por Arnaldo Jabor - O Estado de S.Paulo

Lula não é um político - é um fenômeno religioso. De fé. Como as igrejas que caem, matam os fiéis e os que sobram continuam acreditando. Com um povo de analfabetos manipuláveis, Lula está criando uma igreja para o PT dirigir, emparedando instituições democráticas e poderes moderadores.

Os fatos são desmontados, os escândalos desidratados para caber nos interesses políticos da igreja lulista e seus coroinhas. Lula nos roubou o assunto. Vejam os jornais; todos os assuntos são dele, tudo converge para a verdade oficial do poder. Lula muda os fatos em ficção. Só nos resta a humilhante esperança de que a democracia prevaleça.

Depois do derretimento do PSDB, o destino do País vai ser a maçaroca informe do PMDB agarrada aos soviéticos do PT, nossa direita contemporânea. Os comentaristas ficam desorientados diante do nada que os petistas criaram com o apoio do povo analfabeto. Os conceitos críticos, como "razão, democracia, respeito à lei, ética", ficaram ridículos, insuficientes raciocínios diante do cinismo impune.

Como analisar com a Razão essa insânia oficial? Como analisar o caso Erenice, por exemplo, com todas as provas na cara, com o Lula e seus áulicos dizendo que são mentiras inventadas pela mídia? Temos de criar novos instrumentos críticos para entender esta farsa. Novos termos. Estamos vendo o início de um "chavismo light", cordial, para que a "massa atrasada" seja comandada pela "massa adiantada" (Dilma et PT). Os termos têm de ser mudados. Não há mais "propina"; agora o nome é "taxa de sucesso". A roubalheira se autonomeia "revolucionária" - assalto à coisa pública em nome do povo. O que se chamava "vítima" agora se chama "réu". Os escândalos agora são de governos inteiros roubando em cascata, como em Brasília, Rondônia e Amapá - são "girândolas de crimes". Os criminosos são culpados, mas sabem tramar a inocência. O "não" agora quer dizer "sim".

Antigamente, se mentia com bons álibis; hoje, as tramoias e as patranhas são deslavadas; não há mais respeito nem pela mentira. Está em andamento uma "revolução dentro da corrupção", invadindo o Estado em nossa cara, com o fito de nos acostumar ao horror. Gramsci foi transformado em chefe de quadrilha.

Nunca antes nossos vícios ficaram tão explícitos, nunca aprendemos tanto de cabeça para baixo. Já sabemos que a corrupção no País não é um "desvio" da norma, não é um pecado ou crime; é a norma mesmo, entranhada nos códigos e nas almas. Nosso único consolo: estamos aprendemos muito sobre a dura verdade nacional neste rio sem foz, onde as fezes se acumulam sem escoamento. Por exemplo: ganhamos mais cultura política com a visão da figura da Erenice, a burocrata felliniana, a "mãe coragem" com seus filhos lobistas, com o corpinho barbudo do Tuminha (lembram?), com o "make-over" da clone Dilma (que ama a ex-Erenice, seu braço direito há 15 anos), com o silêncio eufórico dos Sarneys, do Renan, do Jucá... Que delícia, que doutorado sobre nós mesmos!

Ao menos, estamos mais alertas sobre a técnica do desgoverno corrupto que faz pontes para o nada, viadutos banguelas, estradas leprosas, hospitais cancerosos, esgotos à flor da pele, tudo proclamado como plano de aceleração do crescimento popular.


Nossa crise endêmica está em cima da mesa de dissecação, aberta ao meio como uma galinha. Meu Deus, que prodigiosa fartura de novidades imundas, mas fecundas como um adubo sagrado, belas como nossas matas, cachoeiras e flores.

Os canalhas são mais didáticos que os honestos. Temos assistido a um show de verdades mentirosas no chorrilho de negaças, de cínicos sorrisos e lágrimas de crocodilo. Como é educativo vermos as falsas ostentações de pureza para encobrir a impudicícia, as mãos grandes nas cumbucas e os sombrios desejos das almas de rapina. Que emocionante este sarapatel entre o público e o privado: os súbitos aumentos de patrimônio, filhinhos ladrões, ditadura dos suplentes, cheques podres, piscinas em forma de vaginas, despachos de galinhas mortas na encruzilhada, o uísque caindo mal no Piantela, as flatulências fétidas no Senado, as negaças diante da evidência de crime, os gemidos proclamando "honradez" e "patriotismo".

Talvez esta vergonha seja boa para nos despertar da letargia de 400 anos. Através deste escracho, pode ser que entendamos a beleza do que poderíamos ser!

Já se nos entranhou na cabeça, confusamente ainda, que enquanto houver 20 mil cargos de confiança no País, haverá canalhas, enquanto houver estatais com caixa-preta, haverá canalhas, enquanto houver subsídios a fundo perdido, haverá canalhas. Com esse código penal, nunca haverá progresso.

Já sabemos que mais de R$ 5 bilhões por ano são pilhados das escolas, hospitais, estradas, sem saneamento, com o Lula brilhando na TV, xingando a mídia e com todos os mensaleiros, sanguessugas e aloprados felizes em seus empregos e dentro do ex-partido dos trabalhadores. E é espantoso que este óbvio fenômeno político, caudilhista, subperonista, patrimonialista, aí, na cara da gente, seja ignorado por quase toda a intelligentsia do País, que antes vivia escrevendo manifestos abstratos e agora se cala diante deste perigo concreto que nos ronda. No Brasil, a palavra "esquerda" ainda é o ópio dos intelectuais.

A única oposição que teremos é o da imprensa livre, que será o inimigo principal dos soviéticos ascendentes. O Brasil está evoluindo em marcha à ré! Só nos resta a praga: malditos sejais, ó mentirosos e embusteiros! Que a peste negra vos cubra de feridas, que vossas línguas mentirosas se transformem em cobras peçonhentas que se enrosquem em vossos pescoços, e vos devorem a alma.

Os soviéticos que sobem já avisaram que revistas e jornais são o inimigo deles.

Por isso, "si vis pacem, para bellum", colegas jornalistas. Se quisermos a paz, preparemo-nos para a guerra.


Para Chalita, tudo não passou de boataria...

Nota: Estamos postando estas informações, não meramente para avivar polêmicas, e sim, para denunciar as MENTIRAS que este candidato está afirmando. E não estamos levantando falso testemunho, pois mantemos em contato árduo com a Comunidade processada, que detém todos os documentos e informações necessários para se defender do processo em que o candidato está movendo contra a mesma, pois em Efésios 5,11-12, diz: "não tenhais cumplicidade nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, condenai-as abertamente, porque as coisas que tais homens fazem ocultamente é vergonhoso até falar delas".
Clique aqui e acompanhe o processo



"Os leigos derivam o dever e o direito do apostolado de sua união com Cristo-Cabeça. Pois, inseridos pelo batismo no Corpo Místico de Cristo, pela confirmação robustecidos na força do Espírito Santo, recebem do próprio Senhor a delegação ao apostolado. São consagrados para formar o sacerdócio régio e povo santo (cf. 1Ped 1,4-10), de sorte que por todas as obras ofereçam hóstias espirituais, e por toda a parte apresentem o testemunho de Cristo. Pelos Sacramentos, porém, particularmente pela SS. Eucaristia, comunica-se e alimenta-se aquela caridade que é como que a alma de todo apostolado.3
3 Cf. Ibid., n. 33, p. 39; cf. ainda n. 10, p. 14. "

DECRETO “APOSTOLICAM ACTUOSITATEM SOBRE O APOSTOLADO DOS LEIGOS


Sim, senhoras e senhores. Em seu twitter, Chalita diz que tudo o que está acontecendo não passa de boatos.








É lamentável assistir a um senhor que se diz Católico, que leciona Filosofia em Universidades, olhar para a cara da gente e dizer que é tudo boato. E o processo contra a Comunidade Família de Deus?
É tudo boato? E os vídeos que estão na internet (inclusive alguns até foram censurados), onde o Chalita mostra seu apoio à Dilma e à Martha Suplicy? Também o são?

A filha do Lula nos diz, por meio do site de campanha do Gabriel Chalita, o que já havia dito o fundador da católica Comunidade Família de Deus: sim, o carismático Chalita apoia a pró-aborto Dilma. Nenhuma novidade. Veja a foto abaixo:


Lamentável!
Como diz o Anderson, fundador da Equipe Missionária Regina Apostolorum, estas eleições estão sendo, REALMENTE, um divisor de águas.Rezemos.

Aliás, quero, em nome deste blog, dizer que, assim como o Prof. Hermes apoia a Comunidade que está sendo processada pelo Chalita,também nós, leigos, prestamos nossa soliedariedade por meio de orações e denúncias. E aproveitamos o ensejo para enfatizar que lutamos em favor da vida. Aborto, não!