Exorcismo

Padres Exorcistas explicam

Consagração a Virgem Maria

Escravidão a Santissima Virgem, Orações, Devoção

Formação para Jovens

Espiritualidade, sexualidade, diverção, oração

2 de jun de 2011

A decência dos vestidos segundo São Franscisco de Sales.

Filotéia de São Frascisco de Sales


São Paulo quer que as mulheres cristãs (o que há de entender-se também dos homens) se vistam segundo as regras da decência, deixando de todo excesso e imodéstia em seus ornatos. Ora, a decência dos vestidos e ornatos depende da matéria, da forma e do asseio.

O asseio deve ser geral e contínuo, de sorte que evitemos toda mancha ou coisa semelhante que possa ofender os olhos; esta limpeza exterior considera-se como um indício da pureza da alma, a ponto de o mesmo Deus exigir dos seus ministros dos altares uma pureza e honestidade perfeita quanto ao corpo.

No tocante à matéria e à forma dos vestidos, a decência só se pode determinar com relação às circunstâncias do tempo, da época, dos estados ou vocações, da sociedade em que se vive e das ocasiões. É uso geral vestir-se melhor nos dias de festa, à proporção de sua solenidade, ao passo que no tempo da penitência, como na Quaresma, se escusa muita coisa. Os dias de casamento e os de luto têm igualmente grande diferença e regras peculiares. Achando-se na corte de um príncipe, o vestuário terá mais dignidade e esplendor do que quando se está em casa. Uma mulher pode e deve se enfeitar melhor quando está com seu marido, sabendo que ele o deseja; mas, se o fizesse em sua ausência, haveria de perguntar-se a quem quererá agradar com isso. Às moças se concedem mais adornos, porque podem desejar agradar a muitos, contanto que suas intenções sejam de ganhar um só coração para o casamento legítimo. O mesmo se há de dizer das viúvas que estão pensando em novas núpcias, contanto que não queiram imitar em tudo as jovens, porque, depois de ter passado pelo estado matrimonial e pelos desgostos da viuvez, pensa-se que devem ser mais sóbrias e moderadas. Para aquelas que são verdadeiras viúvas, como diz o apóstolo, isto é, aquelas que possuem no coração as virtudes da viuvez, nenhum adorno convém além de um ou outro, conforme à humildade, modéstia ou devoção; se querem, pois, dar amor aos homens, não verdadeiras viúvas e, se não o querem dar, por que atrair a si os olhares? Quem não quer receber hóspedes tem de tirar de sua casa a tabuleta. Ri-se sempre dos velhos que se querem fazer de bonitos: é esta uma fraqueza que mesmo o mundo só perdoa na mocidade.

Conserva um asseio esmerado, Filotéia, e nada permitas em ti rasgado ou desarranjado. É um desprezo das pessoas com quem se convive andar no meio delas com roupas que as podem desgostar; mas guarda-te cuidadosamente das vaidades e afetações, das curiosidades e das modas levianas. Observa as regras da simplicidade e modéstia, que são indubitavelmente o mais precioso ornato da beleza e a melhor escusa da fealdade. São Pedro adverte principalmente as moças que não usem penteados extravagantes. Os homens de tão pouco caráter, que se divertem com essas coisas de sensualidade e vaidade, são tidos por toda parte na conta de espíritos efeminados. Diz-se que não se tem má intenção nessas coisas, mas eu replico, como fiz outras vezes, que o demônio sempre tem. Para mim eu desejava que uma pessoa devota fosse sempre a mais bem vestida duma reunião, mas a menos pomposa e afetada, e que fosse ornada, como se ê nos Provérbios de graça, de decência e dignidade. São Luís resume tudo isso numa palavra, dizendo que cada um deve vestir-se segundo o seu estado; de modo que as pessoas prudentes e a gente de bem não possam achar exagero algum e os jovens nenhuma falta de ornato e decência; e no caso em que os jovens não se dêem por contentes, é preciso seguir o conselho das pessoas prudentes.

Cavalo homofóbico?


Cresce cada vez mais o grau de incompatibilidade do ato homossexual com aquilo que conhecemos como natural.

Homossexualidade misturado com zoofilia só podia dar no que deu.

Rezemos pela alma do cidadão.

Veja a notícia:


"Um homossexual morreu nos Estados Unidos depois de ser penetrado por um cavalo em um sítio que funcionava como um "prostíbulo de animais" para gays e lésbicas em Enumclaw, 60 km a sudeste de Seattle (Estado de Washington), de acordo com informações divulgadas pela polícia.

A vítima, um gay que se dizia insaciável, de 40 anos, sofreu graves lesões internas e seu corpo foi deixado por desconhecidos em um hospital de Seattle,
pouco depois do ato com o animal.

"Do médico legista ao comissário, passando pelos investigadores, ninguém jamais viu algo remotamente parecido com isto", disse Eric Sortland, chefe da polícia de Enumclaw. "Seu cólon rompeu, como os órgãos inferiores da
mesma região, e a hemorragia o matou", completou.

As investigações revelaram que o sítio era especializado em zoofilia e oferecia
a seus clientes cavalos, pôneis, cabras, ovelhas e até cães. Tudo era anunciado
pela Internet.

A polícia apreendeu fitas de vídeo com centenas de horas de atos sexuais entre
homens e animais. O código penal do Estado de Washington não proíbe a zoofilia.

É bem possível que os GLBTs de lá executem o cavalo por crime homofóbico...

A quem interessa a briga entre cristãos e gays?

Conforme noticiado neste site: http://resistenciacristaj.blogspot.com/ , bombou na internet a notícia que ativistas da ideologia gay queimaram bíblias na UnB.

Até então a mídia não havia noticiado absolutamente nada. Procurei no Youtobe e no Google, mas o que aparece é pouco e todos trazem as fotos e as notícias publicadas no site acima.

Após a publicação deste artigo (http://www.regina-apostolorum.com/2011/06/eles-cumpriram-o-combinado-gays.html ) amigos me procuraram mostrando que a foto mostrada como constatação dos fatos pelo site evangélico é, na verdade, uma montagem de uma foto tirada de um protesto de professores em São Paulo. Compare:


FOTO DO PROTESTO EM QUE PROFESSORES QUEIMARAM LIVROS E APOSTILAS


FOTO MOSTRADA NO SITE RESISTÊNCIA CRISTÃ



A pergunta que me faço é: a quem interessa esta briga?

Segundo a Pastora Cynthia, havia sim alguns militantes gays queimando Bíblias dentro do pátio da UnB. Ela deixou isto claro em seu twitter:




Se o site evangélico acima prima pela verdade, quem está mentindo?
Teria sido também este site vítima? De quem? Dos que querem ver cristãos e homossexuais se degladiando? E quem são estes que nos querem pelas costas?

Tentei fazer a minha parte enviando emails e twittes até que esta história fosse REALMENTE esclarecida, pois este blog tem um real compromisso com a Verdade, com o Evangelho e com a Família e em hipótese alguma tolerará que usem desta richa para impor ódio a ninguém.

Esta é a página do Twitter  da Pastora Cynthia: http://twitter.com/#!/PraCynthia_I3

Contudo, no site, eles ainda mantêm a notícia, confirmando que ativistas gays queimaram bíblias. Vejam: http://resistenciacristaj.blogspot.com/2011/06/confirmado-os-gays-queimaram-biblias-na.html

Caso o site resolva apagar a postagem, eu a salvei em documento para prova.

Seria mais um hacker?

Então os cristãos e os gays estão sendo manipulados? Por quem?

Oremos!

Nota: Conseguir entrar em contato com a Pastora Cynthia. Ela alegou não ter fotos sobre as queimadas, mas confirma que o fato ocorreu. Também afirma que a foto montada sobre as queimadas é meramente ilustrativa. Há mais aqui: http://resistenciacristaj.blogspot.com/

Mês de junho - 2º dia

O Coração de Jesus



O Coração de Jesus é o Coração de Deus, por isto é o Coração único e sublime. Quem pode compreendê-lo?
Reflitamos: aquele Coração foi formado pelo Espírito Santo, foi feito no seio imaculado da Virgem Maria, foi alimentado com a carne da puríssima e o sangue virginal de Nossa Senhora. Aquele coração cultivou a caridade divina mais ilimitada e ardente em amar Deus Pai, em amar as criaturas. Aquele coração foi justamente definido "Rei e centro de todos os corações", "abismo de todas as virtudes", "fonte de toda consolação".
Que alegria e palpitações, que trabalhos e tristezas terão atravessado o Coração de Jesus? Pensemos no desígno de Deus que abraça a humanidade e a criação a resumir em Cristo. Pensemos no mundo de acontecimentos felizes e tristes que enchem a vida de cada ser. O Coração de Jesus é coração divino, é coração cósmico, é coração universal. Registra cada movimento, mesmo imperceptível, de cada coração e de cada coisa: nada lhe pode fugir, porque "todas as coisas têm n'Ele a própria consistência" (Cl 1,17).
À sua discípula predileta, Santa Margarida Maria Alacoque, Jesus dirá desde a primeira aparição: "O meu divino Coração é assim apaixonado de amor pelos homens, que não mais podendo conter em si as chamas da sua ardente caridade, as quer propagar".
O Coração de Jesus nos ama e deseja o nosso amor. É pelo nosso amor que Ele se fez imolar: ou seja, para ter o nosso amor. E "a essência da devoção ao Sagrado Coração de Jesus - ensinava Paulo VI - consiste em considerar a honra na imagem simbólica do Coração, o imenso amor, cheio de ternura, do nosso Redentor".
Amar o coração de Jesus significa responder às exigências primárias do Amor de Jesus, que significa o Amor de Jesus retribuindo-o com o nosso amor, pelo qual Ele morreu.
Por isso, São Francisco de Assis rezava esplendidamente, dizendo a Jesus: "Eu morro pelo amor do teu amor, como tu te dignaste de morrer pelo amor do meu amor"!



O Coração do homem


Em sentido bíblico, o coração do homem é o centro vital do homem, o centro vital físico e espiritual. Afetos e pensamentos, desejos e vontades "sobem do coração" (Is 63,17).
Se pode dizer que carne e espírito confluem no coração do homem, tornando-o centro unitário de todo o homem. Mas o homem desequilibrou-se com o pecado original e continua a desiquilibrar-se ainda mais com os pecados pessoais, tornando-se uma mistura de bem e de mal, talentos e defeitos, virtudes e vícios, de paixões nobres e ignóbeis, de altas aspirações e de vergonhosas concupiscências.
Toda esta realidade do homem tem o seu ponto de encontro no coração do homem. É como se fosse recolhida e "bombeada" pelo sangue que chega e parte do coração em círculo vital para todo o organismo.
Por isso do coração do homem parte todo bem e todo mal. O próprio Jesus disse: "Bem aventurados os puros de coração" (Mt 5,8). Disse também estas terríveis palavras sobre o coração do homem: "Do coração surgem os maus pensamentos, os assassínios, os adultérios, as fornicações, os furtos, os falsos testemunhos, as blasfêmias". (Mt 15,19).
O coração do homem deve ser restaurado. Nele deve morar Deus. Jesus veio para isso à terra: reportar o Reino de Deus dentro de nós. Ele trouxe a Boa Nova, o seu Evangelho para o imprimir no coração do homem. Já o dizia pela boca do profeta Jeremias: "Imprimirei a minha lei nos corações deles" (31, 33). E São José de Leonissa, um Santo franciscano, comentava este versículo, dizendo: "Então,cada cristão deve ser um livro vivente onde se possa ler a doutrina evangélica". Assim dizia São Paulo aos Coríntios: "Sois a nossa carta, escrita não com a tinta, mas com o Espírito de Deus vivo através do nosso ministério; não em tábuas de pedra, mas sobre as tábuas da carne no coração".
A folha é o nosso coração e quem escreve é o Espírito Santo através do meu ministério. Mas como se pode escrever em uma página já escrita. Se não se apaga o escrito precedente, não se pode escrever de novo. No vosso coração está escrita a avareza, a prepotência, a luxúria e os outros vícios. Como poderemos escrever a humildade, a honestidade e as outras virtudes, se precedentes vícios não forem cancelados?
Um modelo esplêndido de restauração do coração do homem é São Francisco de Assis. Não somos nós a propô-lo, mas o mesmo Jesus, que disse a Santa Margarida Maria Alacoque, indicando-lhe o Seráfico Pobrezinho: "Eis o santo mais próximo ao meu coração". Tão humano e tão sublime, São Francisco de Assis nos faz entender que maravilhosa realidade seja a transformação do nosso coração no amor apaixonado a Jesus e no amor transfigurado a todas as criaturas. Eis como se deve tornar o coração do homem: um coração novo, todo amor, humildade, paciência, dolura, força, sacrifício...
O coração de Jesus queira nô-lo conceder neste santo mês.

Propósito:

- Ler todo dia uma página do Evangelho e imprimí-lo no coração.
- Rezar estas orações (clique aqui).