Exorcismo

Padres Exorcistas explicam

Consagração a Virgem Maria

Escravidão a Santissima Virgem, Orações, Devoção

Formação para Jovens

Espiritualidade, sexualidade, diverção, oração

2 de fev de 2012

COMEÇA A GRANDE PERSEGUIÇÃO CONTRA CATOLICOS E EVANGELICOS.

* Católicos americanos devem “se preparar para sofrer, inclusive a prisão” depois da decisão do governo Obana de obrigar a pagar seguros que incluem anticonceptivos, esterilização e remédios abortivos, afirma Bispo Americano.

A secretária de Saúde e Serviços Humanos do governo Barack Obama, Kethleen Sebelius, estipulou o prazo de 12 meses para que todas as instituições católicas dos Estados Unidos acatem a norma de fornecerem métodos de planejamento familiar para os seus empregados. Segundo Dom Fabian Bruskewitz “isto significa que todos os nossos hospitais católicos, escolas, agências de serviços sociais e similares serão obrigados a participar do mal”.

O prelado afirmou ainda que os católicos norte-americanos devem “se preparar para sofrer, inclusive a prisão” depois da decisão do governo Obana de obrigar a pagar seguros que incluem anticonceptivos, esterilização e remédios abortivos.

Dom Fabian(foto) encaminhou uma carta a todas as paróquias de sua diocese e pediu aos padres que a lessem nas missas do último domingo. Em sua mensagem o prelado esclareceu os pontos desta norma e exaltou os fiéis a fazer como “os mártires dos primeiros tempos, temos de estar preparados para aceitar o sofrimento que pode incluir altas multas e a prisão”.

O Bispo de Lincoln advertiu ainda que “a liberdade religiosa nos Estados Unidos está em grave perigo”. Segundo ele, foi pedido ao presidente Obama que “rescinda esta lei, mas todas as solicitações encontraram uma parede e chegaram a ouvidos surdos na administração”.

Dom Fabian Bruskewitz é um dos muitos Bispos da Igreja Católica nos Estados Unidos que tem se pronunciado sobre este tema polemico. Na Diocese de Phoenix (Arizona), os católicos ouviram uma mensagem enviada pelo Bispo Dom Thomas Olmsted afirmando que “toda gente de fé não pode ser renegada e cuidada como segunda classe e nem despojada de seus direitos dados por Deus”.

O Bispo da Diocese de Marquette (Michigan), Dom Alexander Sample afirmou que se esta lei entrar em vigor, “nós, os católicos, nos veremos obrigados a violar nossas consciências ou a deixar a cobertura dos planos de saúde de nossos funcionários e sofrer as penalidades por fazer isto”.

Em Nova Orleans (Luisiana), Dom Gregory Aymond ressaltou em sua mensagem no final de semana que é necessário atuar de frente contra “este ataque sem precedentes a liberdade religiosa”.

O Arcebispo de Miami (Flórida), Dom Thomas Wenski afirmou, também em carta encaminhada a todas as paróquias da Arquidiocese, é “um assunto sério e alarmante que afeta direta e negativamente a Igreja nos Estados Unidos e que atenta contra o direito fundamental à liberdade religiosa de todos os cidadãos de qualquer fé”, disse inicialmente.

Segundo Dom Thomas, o governo federal, que pretende ser “de e para o povo”, com essa decisão, “acabou de acertar um duro golpe a cerca de uma quarta parte deste povo – a população católica – e a outras milhões de pessoas a quem os fiéis católicos oferecem seus serviços”.

Ao concluir a carta, o arcebispo norte-americano fez dois pedidos aos fiéis da Flórida. A primeira: “como comunidade de fé, se comprometam a rezar e a jejuar para que a sabedoria e a justiça prevaleçam e liberdade religiosa possa ser restaurada, pois “sem Deus não podemos fazer nada; com Deus, nada é impossível”. Em segundo lugar o prelado recomendou que os fiéis visitassem a página da Conferência Episcopal dos Estados Unidos www.usccb.org/conscience“, para “informarem-se melhor sobre este assalto grave à liberade religiosa e sobre como entrar em contato com o Congresso em apoio de uma legislação que revogue a decisão governamental”.

Entenda o caso

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama apresentou um projeto de lei que prevê o reembolso a contracepção e a pílula do dia seguinte, como parte do plano americano de assistência à saúde. Segundo o projeto, a partir de 1º de agosto de 2012, as mulheres poderão ter acesso a todas as formas de contracepção aprovadas pelo FDA (Food and Drug Administration).

Com base nesta lei, todos os contratos relacionados ao seguro-doença, deverão compreender estes serviços. Os empregadores que alegarem crenças religiosas para não fornecerem a cobertura para a contratação, terão até o dia 1º de agosto de 2013 para se conformar as novas regras. (LB)


Evangélicos conservadores na mira do PT

Homem sinistro do PT teme poder de programas evangélicos de TV e diz que governo está preparando mídia para contestar posições evangélicas sobre aborto e homossexualismo

Julio Severo
Um dos homens mais sinistros do PT fez uma importante revelação na semana passada: O PT precisa fazer uma disputa ideológica com os líderes evangélicos pelos setores emergentes.
Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, foi o principal articulador do PT nos eventos depois do assassinato de Celso Daniel, o prefeito petista de Santo André que “sabia demais”. Várias pessoas que foram testemunhas do assassinato foram depois também assassinadas. O caso envolvia grandalhões.
Carvalho era braço-direito do prefeito e, conforme denunciaram os irmãos do prefeito assassinado que hoje encontram-se exilados em outro país por ameaças de morte, o PT tinha um grande esquema de corrupção em Santo André, onde enormes somas de dinheiro eram levadas à cúpula do PT — no caso, para José Dirceu.
Com a força sinistra de Carvalho, o caso foi abafado, com todos os seus escândalos e sangue derramado.
Gilberto Carvalho: Governo do PT preocupado com a mídia evangélica que defende valores morais
Com essa força, Carvalho aparece no Fórum Social Mundial, em Porto Alegre, para se dirigir a militantes esquerdistas do mundo inteiro. O evento também contou com a presença do terrorista assassino italiano Cesare Battisti.
O colunista Reinaldo Azevedo, falando de Carvalho, disse: “Os petistas, embora não o digam em público, consideram que a oposição está liquidada”. De fato, o PT não tem oposição política ou midiática secular nenhuma. O PSDB, que é pintado como “oposição”, nada mais faz do que imitar o PT, como comprova a insana lei anti-“homofobia” do Estado de São Paulo, a qual saiu diretamente das entranhas do PSDB.
No Fórum Social Mundial, segundo Azevedo, Carvalho disse que o governo quer criar uma mídia estatal para o povo, porque o governo não quer que o povo fique “à mercê da mídia conservadora”.
Na eleição de 2010, o Brasil inteiro viu como o PT estremeu quando as denúncias de sites e blogs evangélicos contra o aborto e o homossexualismo colocaram em risco a eleição de Dilma Rousseff, que precisou mentir para ganhar o público evangélico. O PT continua com medo dos evangélicos.
De modo geral, a mídia evangélica se abstém de tocar em assuntos que incomodam o governo, como aborto e homossexualismo. Às vezes, quando falam, acabam recuando, como aconteceu com uma poderosa instituição evangélica que postou um manifesto contra o PLC 122, mas prontamente o retirou quando os ativistas gays ameaçaram — incidente desagradável que foi devidamente tratado pelo filósofo Olavo de Carvalho.
Entretanto, na televisão, a voz mais forte e vigorosa contra a agenda gay tem sido a de Silas Malafaia, seguida de algumas outras poucas vozes de líderes neopentecostais.
Essas vozes poderiam ser mais fortes, mas foram cooptadas ao PT mediante o trabalho satânico de evangélicos petistas. No início da década de 1990, a revista Ultimato, de linha calvinista esquerdista, se revoltava contra a oposição neopentecostal feroz ao PT. Paul Freston, que era membro de carteirinha do PT e articulista da Ultimato, se queixava de que as igrejas neopentecostais usavam suas redes de televisão para mostrar oposição sólida ao PT, e questionava como levá-las aos currais petistas.
Graças à lábia macia de Caio Fábio, que era então colunista da revista Ultimato e o maior pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil, essas igrejas acabaram se unindo a muitas igrejas históricas no apoio ao PT, embora muitas delas ainda usem, ainda que timidamente, seus canais de televisão para condenar a legalização do aborto e da sodomia.
Gilberto Carvalho, o homem sinistro do PT, mostra que o PT vê essas igrejas midiáticas como uma oposição que não existe em nenhuma outra parte no Brasil. Claro que os poucos sites e blogs cristãos conservadores também são uma ameaça ao poder absoluto que o PT exige sobre as mentes e corações, mas as redes de televisão neopentecostais estão agora na mira da preocupação do PT.
Eis, nas palavras de Reinado Azevedo, como o PT vê os programas evangélicos de TV que condenam o aborto e o homossexualismo:
A força que o [PT] teme é justamente a religiosa. E, no caso, não é a Igreja Católica que os preocupa. Embora tenha cooptado o PRB — o partido da Igreja Universal do Reino de Deus, do autointitulado “bispo” Edir Macedo, dono da Record —, o PT sabe tratar-se de uma vistosa, mas pequena parte dos evangélicos. Seguindo os passos da teoria gramsciana, o “partido” tem de se consolidar como um “imperativo categórico”, de modo que toda ação concorra para fortalecê-lo. Mesmo os movimentos de crítica e reação hão de estar subordinados a este ente. Haver organismos, entidades, grupos ou religiões que cultivem valores fora do abrigo do partido é inaceitável.
Os “pensadores” do PT querem começar a criar as condições para limitar ou anular a influência das igrejas evangélicas especialmente nas questões relativas a costumes. O projeto petista se consolida é com a completa laicização da sociedade, sem espaço para a moral privada ou de grupo. Teses como descriminação do aborto, legalização das drogas, união civil de homossexuais, proselitismo sexual nas escolas (nego-me a chamar de “educação” o tal kit gay, por exemplo) tendem a encontrar resistência. E as vozes que lideram essa resistência costumam ser justamente as dos evangélicos. Setores da Igreja Católica também reagem, sim, mas sabemos que a Santa Madre está infestada de esquerdistas de batina (ou melhor: sem batina!).
Ora, conjuguemos as duas propostas de Carvalho, feitas no Fórum Social: ele quer o estado produzindo “informação” para a classe C justamente para disputar almas com os evangélicos. O PT chegou à fase em que acredita que pode também ser “igreja” — e seu “deus”, como se sabe, é o Apedeuta… Os petistas ainda não engoliram o recuo que tiveram de fazer em 2010, no debate sobre o aborto, por causa da pressão dos cristãos.
Os cristãos evangélicos entraram no alvo de médio prazo do PT. Cuidem-se ou serão também engolidos.

Alcool na juventude veja os estragos>



Alcool na juventude

……….O DESTRAVE foi fundo

e teve a coragem

……………………….de MOSTRAR o que

as propagandas de BEBIDA

não mostram

.

_____________________________________________________________________________

Site Consagra-te : Carta aos Consagrados – 2012


“Maria, dá-nos Tua fé em Jesus-Eucaristia!” (“Tratado”,n.214)

Venha a nós o Reino de Jesus Cristo, por meio do Reino de Maria!

Em 2011, com o apoio de muitas obras católicas, tivemos a II Campanha Nacional de Consagrações a Virgem Maria, pelo método que São Luis Maria G. de Montfort nos ensina no seu maravilhoso “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, com o intuito de, através da Santíssima Virgem, conhecer, amar e adorar mais perfeitamente a Nosso Senhor Jesus Cristo, a Própria Hóstia Consagrada.O resultado foi muito mais impactante do que poderíamos ter sonhado: milhares de pessoas fizeram a sua Consagração Total a nossa Mãe Santíssima, e o “Tratado” finalmente passa a ser mais conhecido entre os católicos do Brasil.Comemoramos em 2012 os 300 anos do “Tratado”, e para isso esperamos uma Campanha ainda maior! Cremos que há uma Graça especial do Céu, reservada para este momento especial.

A missão dos novos consagrados apenas começou, pois estes que se consagraram serão aqueles que em 2012 auxiliarão na propagação da Consagração Total, para trazer mais almas para o Jardim do Imaculado Coração da Santíssima Virgem, e tantas mais que serão salvas pela Consagração destas. Para que o Seu Coração Imaculado Triunfe!

Muitos de nós esperávam que o Santo Padre Bento XVI convocasse para 2012 um Ano Mariano, sobretudo após o Cardeal Ivan Dias haver declarado publicamente que os pedidos para que houvesse o Ano Mariano haviam chegado ao Papa. Mas o Santo Padre surpreende, e convoca o Ano de Fé para 2012-2013.

Vivemos, pois, os 50 anos do Concílio Vaticano II, bem como os 20 anos da publicação do Catecismo da Igreja Católica, e é preocupação do Papa levar os católicos a uma unidade interna da Igreja em torno da fé. O Catecismo da Igreja Católica, pois, foi publicado pelo Beato João Paulo II, com a finalidade de formar os católicos na Doutrina Oficial da Santa Igreja, corrigindo as interpretações distorcidas. Urge, portanto, que o Catecismo seja conhecido e estudado pelos católicos.

Com o Papa, temos a alegria de abraçar o Ano da Fé, esperando um Ano Mariano quem sabe de 2016 a 2017, quando teremos o Centenário das Aparições da Virgem em Fátima (em 2017), e ao mesmo tempo, os 300 anos da morte de São Luis Maria Montfort (em 2016); inclusive a Jornada Mundial da Juventude cogita-se que seja no Santuário de Fátima.

No Ano da Fé, a Consagração Total pelo método de São Luis se apresenta, de forma especial, como meio maravilhoso de os católicos renovarem o compromisso com a fé recebida no Batismo, pois a Consagração implica em uma renovação das promessas do Batismo (ver “Tratado” n.126-130).

Olhamos, então, para a Santíssima Virgem como “a Primeira que Acreditou”; Ela é a Igreja Realizada, Modelo e Figura da Santa Igreja (Lumen Gentium, n. 63), de modo que, de alguma forma, o nosso SIM à Revelação Divina é um eco do SIM da Virgem Maria. Peçamos que Ela nos dê “parte de sua fé”, como São Luis fala no “Tratado” (n. 214). Crendo, foi “Mulher Eucarística na totalidade de Sua Vida” (Ecclesia de Eucharistia, n. 53), a Primeira que adorou Jesus-Eucaristia, no Seu Ventre e no Sacramento. Se oferecendo ao Pai Eterno, levou a Sua fé até as últimas consequências, e junto com o Pai, amou tanto os Seus Filhos que ofereceu o Seu Filho Único para que fôssemos salvos. Junto com Bento XVI, “à Mãe de Deus, proclamada “Feliz porque Acreditou” (Lc 11,20), confiemos este tempo de graça”. (Carta Apostólica Porta Fidei)

Enquanto isso, esperamos ansiosamente e rezamos pela canonização do Beato João Paulo II, o grande sinal da Consagração Total à Virgem Maria no nosso tempo.

Estamos com Pedro, estamos com o Papa, estamos com Maria. Estamos com a Igreja.

Algumas questões práticas:

  • A data da conclusão da III Campanha Nacional de Consagrações à Virgem Maria já está marcada: 08 de Dezembro de 2012, Solenidade da Imaculada Conceição. Como será em um Sábado, facilitará para que realizemos encontros de dois dias (08 e 09 de Dezembro) nas diversas cidades, realizando no Sábado a Consagração dos que houverem se preparado.
  • Antes disso, poderemos marcar nas diversas cidades para o período entre Maio e Setembro (para haver tempo de divulgação) um encontro “Consagra-te” (onde se apresente a Consagração Total pelo método de São Luis), para a partir do encontro formarmos os grupos para de preparação, visando a Consagração em 08 de Dezembro.
  • IMPORTANTE: Convocamos todos os Consagrados, dos vários grupos, movimentos e comunidades, para se unirem em oração conosco nestes empreendimentos, e para tomarem as devidas iniciativas para que estes eventos se realizem em suas cidades.
  • Celebremos, solenemente, a memória de São Luis Maria de Montfort, no dia 28 de Abril, lembrando-nos dela em nossas Paróquias, Comunidades e Grupos, também como meio para propagarmos a Consagração Total.
  • Convidamos, ainda, todos os Consagrados para nos encontrarmos no “Congresso Mariano” que se realizará na Canção Nova, em Cachoeira Paulista-SP, nos dias 4, 5 e 6 de Maio, onde estaremos reunidos para nos fortalecer, rezarmos juntos e propagarmos a Consagração Total.

Estas são as aspirações dos Representantes da Campanha Nacional de Consagrações à Virgem Maria, reunidos em nosso II Encontro Nacional, realizado nos dias 13 à 15 de Janeiro de 2011, na cidade de Luziânia-GO.

Equipe Consagra-te – 02 de Fevereiro de 2012, Solenidade da Apresentação Senhor no Templo pelas Mãos Imaculadas da Virgem Maria


Fonte: http://consagrate.com

Deus: sonho e tormento...


Deus! Que palavra, que realidade! Saudade do homem, sonho do homem, gozo do homem, tormento do homem!

Deus! Existe? Quem viu Seu rosto bendito? Quem jamais pôde imaginá-Lo, saber do Seu modo de ser, tão único, tão inefável, tão Outro em relação a tudo quanto possamos imaginar, sentir, pensar?

Deus. Onde está? Como chegar a Ele, conhecer Sua santa vontade?

Olhando a natureza, perscrutando o universo, o coração e a mente humanas sentem-se possuídos por uma sensação de mistério... O homem vai descobrindo tantas leis que regem o cosmo, vai decifrando tantos segredos do mundo... Mas, à medida que descobre, mais vai percebendo que fica por descobrir... E ainda que tudo descubra deste mundo maravilhoso, deste universo impressionante, com misteriosas conexões de espaço, tempo, energia, matéria, antimatéria, ficam ainda questões arrasadoras, que avassalam a alma: Por que existe tudo e não o Nada? E, mais ainda, para que tudo existe? E, tremendamente mais sério: por que eu existo? Eu, com tanto de sonho, de consciência de mim e do mundo, com sede de ser feliz, mendigo de eternidade? Por quê? Para quê?

E, então, naqueles que não são levianos, e não brincam com a existência sua e dos outros e de tudo, brota a tremenda sensação de vertigem, de impossibilidade de responder a tão fundamentais questões!

Vertigem, admiração... Aquela pedra ali, estática, no solo de Marte, aquele gelado tremendo deserto de Netuno, a beleza daquela galáxia gigante, Andrômeda, a bilhões de anos-luz da nossa Via Láctea... Que sentido tem tudo isto? Para quem tudo isto existe? E quando as duas galáxias (Andrômeda e Via Láctea) se chocarem, daqui a 5 bilhões de anos? Para que, para quem, tudo isto?

Ante tantas descobertas, tantas perguntas, tanta admiração, uns procuram fugir das questões fundamentais. Metem a cabeça e a inteligência no contingente: as leis do universo, seu dinamismo, sua história, sua composição... Ou então afogam-se no dia-a-dia... Fogem, sorrateiramente, das questões que realmente importam para a vida... Outros admiram, inebriam-se não somente pela vastidão dos espaços siderais, mas também pela singeleza de uma flor, pelo sorriso de uma criança, pela beleza de um casal de mãos dadas, pelo tremendo mistério da decrepitude que vai devorando nossa vida até a morte... E ousam, seguindo um instinto misterioso do coração, um chamado irrefreável do seu mais íntimo, ousam chamar a tudo de "Criação", e vislumbram por trás de tudo um Criador: Deus!

Mas, onde está Ele? Que fazer para compreendê-lo, para escutá-lo? Por que é tão misterioso, tão fugidio? Se nos fez para Ele, por que se esconde? Se colocou em nós essa saudade danada, por que não se mostra, não se nos dá sem mistérios? Deus tão presente! Deus tão ausente! Deus tão próximo! Deus tão distante! Deus tão íntimo! Deus tão estrangeiro!

E nós ficamos aqui, tão sozinhos... Parece, às vezes, que falamos sozinhos, procuramos sozinhos, choramos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos...

É verdade que o Universo diz algo sobre esse misterioso Ser! É certo que em tudo quanto existe há algo de suas marcas, grintando: Ele passou por aqui; nossa beleza é reflexo pálido da sua formosura infinita! É verdade que nosso ser, nosso coração e nossa vida balbuciam algo sobre Ele... Mas, Ele mesmo... Quem jamais ouviu? Quem pode dizer algo certo sobre Ele?

Mistério, Silêncio, Noite, Abismo, Vertigem! Eis o fato duro, doloroso, nostálgico, trágico: o homem não tem onde apoiar os pés para saber de Deus, falar de Deus, garantir de Deus! Silêncio nas estrelas, silêncio por trás do rumor das ondas, silêncio mesmo que o vento uive, amedrontador... Silêncio! Silêncio também em im, no meu coração: sei que sou, existo; mas não sei de onde vim nem para onde estou indo... Deus está, Deus não está... Deus é, Deus não é... Não está como pensamos, não é como imaginamos... Deus – a palavra mais tremenda, mais misteriosa, mais decisiva que o homem pode pronunciar! Quase que diante Dele só se pode calar, num silêncio adorante, ou falar, numa insolência blasfema...

E continua a pergunta, a questão: como saber de certeza se Ele existe, se é a mais doce das realidades ou a mais enganadora das quimeras?

Uma voz, milenar, tênue, insistente... Talvez seja ela a brecha... Talvez seja o buraquinho de fechadura, a portinhola estreita, diminuta, a frestazinha de nada pela qual possamos ter algo de certeza, algo de acesso ao Mistério... Há milhares de anos essa voz é repetida, é cantada, é suspirada, é rezada em momentos de dor e de alegria, de luz e de trevas, de vida e de morte... Uma voz! Um convite, uma exortação! Todos podem ouvi-la... Somente alguns a levam a sério e se jogam no que ela descortina: “Ouve, ó Israel, o Senhor nosso Deus, o Senhor é Um!” Ouve! Do Infinito, do Silêncio eterno do Ser, da Noite mais profunda que habita o coração do Mistério, uma voz ecoa neste insignificante planeta Terra, no coração do tempo do homem e do mundo, no meio de um antigo povo sem importância: “Ouve! Tu não podes saber tudo, tudo nunca verás tudo, tu nunca compreenderás tudo! Ouve, silencia, presta atenção, acolhe humildemente: há um Deus! O Senhor é o Deus! O Senhor é absolutamente Único, Original, Outro em relação a tudo quanto possa existir! Escuta, pois do Silêncio eterno brotou esta Palavra! Abandonando-te a ela, viverás a verdade de tudo, viverás a verdade da tua própria vida! Ouve, pois, ó Israel! Grava no teu coração, acalenta na tua vida, caminha nesta certeza: há um Deus! O Senhor nosso Deus! Ele é Único! Tu não podes compreendê-lo, tê-lo na palma da mão, domesticá-lo a teu gosto, esquadrinhá-lo com tua razão! A Ele abrirás teu coração, Nele viverás a tua vida, pelos Seus caminhos orientarás os teus passos! Tu não o verás, mas se a Ele te abrires, por vezes experimentá-Lo-ás de modo misterioso; verás que Ele, vez por outra, mostrar-Se-á sem se mostrar... E quando vierem estes momentos fugidios, tudo se enche de sentido e o inteiro Universo e a totalidade da existência tornam-se uma tremenda e maravilhosa epifania do Seu Ser e da Sua Presença!

Cala-te, pois. Deixa-te. Acolhe a Palavra antiga, sempre atual, mansa e tão imperativa: “Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus – Ele É! Ele existe! –, o Senhor é Único!” Se acolhes esta tremenda revelação com todas as suas consequências, tudo muda de figura, tudo adquire sentido... "Se tu creres, verás! Verás a glória de Deus, Sua doce e estonteante Presença, mesmo nas ausências da existência!"


Fonte: http://costa_hs.blog.uol.com.br/

Uruguai: Prossegue luta CONTRA o aborto após projeto de lei APROVAR o assassinato de inocentes até o terceiro mês de gestação.


Friday Fax

Uma coalizão esquerdista dentro do Senado do Uruguai recentemente aprovou um projeto de lei que legalizará o aborto dentro do primeiro trimestre de gravidez. O projeto foi aprovado apertadamente por três votos, com dezessete senadores a favor da legalização e catorze contra.

Em novembro passado, um projeto de lei semelhante foi derrotado por uma coalizão de conservadores que usaram os Artigos de San José para defender o direito à vida e para refutar as afirmações de que existe um direito internacional ao aborto.

Durante o debate, o senador Carlos Moreira expressou que o “direito à vida começa na concepção conforme defendem os Artigos de San José” e disse que se o projeto virasse lei, violaria tratados que garantem o direito à vida internacionalmente. Os Artigos de San José são um documento elaborado por grandes especialistas que deixa claro que não há nenhuma direito internacional ao aborto e que os governos têm de usar os tratados internacionais existentes para garantir a proteção da vida em gestação.

Numa entrevista exclusiva, o senador Moreira disse para Friday Fax que como coalizão eles “queriam frisar as obrigações internacionais do Uruguai, principalmente como país. A vida é protegida desde a concepção, e esse é o direito mais fundamental que existe. Há obrigações que o Uruguai precisa respeitar internacionalmente e essa lei está em contradição direta a esse princípio”.

O senador Moreira também expressou a preocupação de que “a lei exigirá que todas as instituições de saúde, públicas e privadas, forneçam o aborto legal, e que embora os médicos possam recusar fazer abortos, as instituições, ainda que particulares, não poderão recusar”. Todos os abortos, quer realizados num instituição pública ou privada, serão pagos pelo Estado, e assim financiados pelos impostos de todos os cidadãos uruguaios.

Muitos que votaram a favor do projeto de lei, como o senador Luis Gallo, continuam a negar publicamente que “aqueles que votaram pelo projeto são a favor do aborto”. Em vez disso, a posição deles é que apoiando o projeto eles estão apoiando a saúde materna por meio de medidas que impedem abortos inseguros. De acordo com Moreira, essa perspectiva é “incompatível com a verdade”. Pelo contrário, o apoio deles ao projeto “ignora a vida da criança” e não trata das causas reais associadas aos abortos clandestinos no Uruguai.

Tudo isso está ocorrendo num momento em que organizações internacionais estão colocando cada vez mais pressão nos países para mudar suas leis sobre o aborto. Em novembro passado, uma comissária de alto nível da Comissão Interamericana sobre Direitos Humanos apresentou dois relatórios especiais atacando o direito à objeção por consciência por parte de fornecedores de serviços de saúde e incentivando ações legais nos governos para descriminalizar o aborto a nível nacional.

Um relatório semelhante foi levado diante da Organização das Nações Unidas em outubro passado, argumentando de modo ilusório que o aborto fosse classificado como direito internacional à saúde e rotulando a objeção por consciência como uma barreira aos serviços de saúde. Até mesmo a mais nova agência da ONU, Mulheres da ONU, publicou seu primeiro relatório frisando como sua principal prioridade a necessidade de ONGs e advogados locais usarem as leis internacionais para derrubar as leis nacionais contra o aborto.

A luta para derrotar o projeto de lei agora avança para o Congresso do Uruguai. Todas as fontes da imprensa no Uruguai que estão cobrindo esse acontecimento afirmam que o presidente José Mujica provavelmente vetará o projeto.


Fonte: http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/