16 de jun de 2010

Católicos defendem Catedral de Lyon contra manifestação homossexual

.- Duzentos jovens católicos reunidos no átrio da Catedral de Lyon, na França, congregaram-se pacificamente no átrio deste templo para defender o de uma manifestação anti-católica organizada por alguns representantes do lobby homossexual que queriam realizar um evento chamado “kiss-in”, no qual diversos casais do mesmo sexo iriam beijar-se para “celebrar” o “Dia Mundial contra a Homofobia”.

Os fatos aconteceram no último 18 de maio na Praça de Saint Jean. Em meio de um cordão policial, os católicos responderam às blasfêmias e insultos de maneira pacífica cantando e rezando de joelhos.

Entre os cartazes dos católicos que se reuniram no lugar se podia ler um maior que os outros: “Não mais católico-fobia!”. Outros dos lemas que se ouviram, enquanto sustentavam uma bandeira do Vaticano, foram: “Saint Jean (a Catedral) é nossa!”, “Europa, Juventude, Cristianismo!”

Durante a defesa os jovens católicos também cantaram a Maria, de joelhos: “Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós pecadores”.

Finalmente, e depois de três horas da defesa da Catedral por parte dos católicos, a polícia dispersou os homossexuais e também agrediu e prendeu a alguns dos católicos. Para alguns bloggers, este fato culminou com uma vitória moral dos jovens defensores do Saint Jean, ao impedirem o polêmico “kiss-in”.

Em declarações à Télé Lyon Métropole, um dos defensores da Catedral assinalou que “era possível fazer a manifestação ontem, mas não foi feita, e por que não? e diante da Catedral, isto é um gesto de provocação. Acredito que a homossexualidade, concretamente os atos homossexuais carecem de pureza e de alguns ideais”.

2 comentários:

  1. OOOOOOO GLÓRIAAAA, tambem postei isso no meu blog.

    ResponderExcluir
  2. Graças a Deus, ótima máteria!

    Viva a Juventude Católica!

    Também foi postado no Blog do DesperTai.

    ResponderExcluir