30 de out de 2010

A esperança do Brasil : Os Cristãos.


Já é sábado, amanhã o povo brasileiro vai exercer o seu papel de cidadão, sairá de sua casa para participar do chamado ato democrático. Sabe-se que existe um desmerecido favoritismo por parte da candidata petista, favoritismo criado por uma imprensa e liderança mascarada e comprometida com alianças milionárias. Porém, mesmo diante de tamanha adversidade, é possível acreditar na virada e na vitória. Sabe qual é à base desta esperança? A crença de que o brasileiro não vai somente exercer o seu papel de cidadão, mas antes de tudo, vai exercer o seu papel de Cristão.


A Igreja nitidamente não tem partido, mas nunca deixou de ter aversão a ideais políticos que desejam destruir com os princípios e valores essenciais para a subsistência da humanidade, grande don de Deus. Fiquei muito feliz com o pronunciamento profético do Santo Padre dentro deste período eleitoral brasileiro, ele sabe que estamos prestes a termos um governo socialista. Poucos como Bento XVI sabem da desgraça que é esta filosofia política para uma nação, o pequeno Ratzinguer na tenra infância já via a demoníaca ação do pensamento socialista, certa vez um de seus párocos morreu açoitado antes da Santa Missa pelo regime fascista na sua frente. Espero desesperadamente que os batizados correspondam ao pedido do Santo Padre e sejam autênticos Cristãos na hora de eleger o nosso futuro presidente.


Aborto, homofobia, retirada de crucifixo de estabelecimentos públicos, liberdade religiosa, liberdade de imprensa, corrupção, caso Erenice, assaltos a bancos, ambigüidades na retórica e tantas outras coisas são fatos que revelam claramente que não há compatibilidade entre plano de governo petista e o cristianismo.


Conclamo todos os leitores deste artigo a honrar neste domingo a coragem de bispos como Don Luís Bergonzini, Don Aldo Pagoto, Don Benedito Beni, dentre outros que já estão à se levantar após o pronunciamento do Papa, honremos também a audácia do Padre José Augusto que no meio de algumas “cobras” bradou a verdade, não podemos esquecer nas urnas de honrar a intrepidez do Padre Mateus Maria que de dentro daquele santo mosteiro orientou tantas almas para a verdade, e lógico, não há o que falar sobre o Padre Paulo Ricardo que comprou a briga com a profética homilia do PNDH3 e não nos abandonou deixando artigos e vídeos que tanto denunciou as obras das trevas. São inúmeros os sacerdotes que estão trabalhando longe da mídia, eles merecem nossa atenção e obediencia. Os Cristãos não podem nas urnas desmerecer o trabalho de tantos leigos que literalmente se desgastaram para desmascarar o ideário petista. Dar o voto a candidata Dilma Roussef é literalmente cuspir no sangue que estes profetas derramaram nesta campanha política.


Mesmo frente pesquisas compradas, frente à "popularidade" do Lula, diante da frieza de José Serra no último debate, mesmo tendo tantas oposições, eu quero acreditar, tenho esperança, que amanhã, domingo, dia do Senhor, os cristãos vão dar um show de cidadania, mas antes de tudo darão um "show" de cristianismo.

Bruno Cruz
bhc.vida@hotmail.com

0 comentários:

Postar um comentário