31 de mar de 2011

Bispo certifica novo milagre da Virgem da Lourdes


LOURDES, 30 Mar. 11 / 09:02 am (ACI) O Bispo de Angers (França), Dom Emmanuel Delmas, proclamou o milagre número 68 oficialmente reconhecido da cura de um homem que tinha perdido virtualmente a mobilidade na perna esquerda, ocorrido no dia 13 de abril de 2002, quando peregrinou ao Santuário da Virgem da Lourdes. O Comitê Médico de Lourdes, composto por 20 doutores, constatou a "súbita cura funcional, sem relação com terapia alguma e mantida até a atualidade, 8 anos depois" que Serge François, um homem de 56 anos que logo depois de sua cura fez o caminho de Santiago da Compostela a pé, percorrendo 1 570 quilômetros, para agradecer por esta graça. Sobre o milagre, Dom Delmas recorda que este foi produzido quando Serge "logo depois de ter rezado perante a Gruta se dirigiu às fontes para beber e lavar o rosto. Pode-se ver nesta cura uma atuação particular da Virgem Maria para com este homem". Para o Bispo, "esta cura pode ser considerada como um dom pessoal de Deus para este homem, como um ato de graça, como um sinal de Cristo Salvador". Serge François, tinha perdido virtualmente a mobilidade na perna esquerda por uma hérnia de disco aparecida por complicações cirúrgicas relacionadas a duas operações. Depois da cura, assinala o jornal La Razón, cresceu sua vida de fé e de oração, e hoje reza muito por outros doentes. Voltou para a Lourdes em 2003, informou sobre o seu caso ao Comitê Médico e assim teve início o processo de estudo do caso. Sobre o caso, o Bispo de Tarbes e Lourdes (França), Dom Jacques Perrier, afirmou em uma nota publicada no site do Santuário na internet, que "os médicos de hoje em dia são reticentes ante o qualificativo 'inexplicável', a menos que se acrescente 'no marco dos conhecimentos científicos'. Preferem ater-se a um fato: tal cura é hoje inexplicável. Esta reserva lhes parece indispensável para não ser desqualificados logo por aqueles colegas que rejeitam o inexplicável". "Além disso -acrescenta- os médicos de Lourdes procuraram sempre ser deontológicamente irreprocháveis. É a própria Igreja a que os alenta a isso". O jornal espanhol La Razón, recorda logo que embora o Comitê de Médicos tenha dados de 7 000 curas inexplicáveis desde 1884, a Igreja só reconhece 67 casos como milagrosos (68 com este). Para comemorar este novo milagre, o Bispo de Angers, Dom Delmas, convida os fiéis a participar de uma Eucaristia que se realizará quando os fiéis de sua diocese peregrinem ao Santuário de Lourdes entre o dia 3 e 8 de maio "para rezar humildemente a Maria e com Maria".

Fonte: ACI Digital

0 comentários:

Postar um comentário