30 de mar de 2011

India: Autoridades obrigam a pedir autorização para se converter ao cristianismo


30.03.2011 - Uma dúzia de indianos tribais foi detida pelas autoridades por se terem convertido ao Cristianismo sem permissão das autoridades locais do Estado de Orissa. A polícia procura ainda um 13º convertido, que terá conseguido fugir, e também os dois pastores evangélicos que os teriam convertido. Em causa está a violação de uma lei, ironicamente chamada Lei da Liberdade Religiosa de Orissa, que impede conversões para qualquer religião sem autorização. Recorde-se que Orissa tem sido palco de graves incidentes inter-religiosos, com extremistas hindus a perseguir cristãos, acusando-os de fazer proselitismo entre as castas mais baixas. Os tribais pertencem à classe mais baixa no sistema de castas tradicional da Índia, pelo que são considerados “intocáveis” por muitos e vivem normalmente numa situação de grande pobreza. Os cristãos acusam a polícia de usar a lei para intimidar os seus correligionários, e recordam que até agora nunca foi provado que as conversões de tribais ao Cristianismo são feitas a troco de qualquer recompensa ou suborno, como acusam alguns hindus. Via Sacra destruída por vândalos Noutro ponto da Índia, em Madhya Pradesh, uma série de estátuas que seriam usadas para uma Via Sacra agora durante a Quaresma, foi destruída por extremistas hindus. As estátuas estavam num camião a caminho da Igreja Católica de Jhapadra quando o condutor foi obrigado a parar por um grupo, tendo sido agredido, juntamente com outros dois passageiros. De seguida as estátuas foram vandalizadas. O bispo da diocese de Jhabua diz que existe um sentimento de insegurança entre a comunidade cristã e lamenta que não tenham sido feitos progressos ao nível da investigação.

Fonte: Rádio Renascença e http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/

Fonte: Rainha Maria

0 comentários:

Postar um comentário