7 de jun de 2011

Sobre o pronunciamento do Padre Fabio de Melo.



A reflexão do Padre Fabio de Melo no último programa Direção Espiritual esta dando o que falar e existem muitas razões para isto. O dito diretor espiritual induziu os seus milhões de admiradores a ter uma postura “equilibrada”, não “idiotizada” e “amorosa” frente ao debate político envolvendo os homens de bem e o movimento gay.
Ele disse não ter uma visão esclarecida do PL 122 e da causa do movimento gay, deve estar muito ocupado com sua agenda de shows e com o seu companheiro Nathan(Seu cachorro) . É difícil acreditar que um Padre que não tenha paroquia, que esta diariamente twittando coisas “fúteis” e que faz a maioria de shows anoite não tenha tempo de ler a respeito de um assunto tão polemico como este. Acho que o padre não está esclarecido por que ele não quer esclarecer o que pensa.
O seu discurso bate na tecla da ruptura daquilo que é direito religioso e direito jurídico. Ele quer justiça para os casais homossexuais, o padre quer que os homossexuais que moram juntos tenha o direito de deixar pensão um para o outro. Veja que contradição: Ele disse que não se pode defender um valor Cristão que é a família por meios de desequilíbrios não cristãos, pois neste caso o “meio” não justifica o “fim”. Pois é, estou de acordo, realmente revolução não se resolve com revolução, mas da mesma forma que há casos que os “meios” não justificam os “fins”, existem “fins” que não justificam os “meios”. Será que o “fim” justiça econômica para os casais homossexuais justifica o “meio” legalização das uniões estáveis entre pessoas do mesmo sexo? Será que um valor econômico é maior do que um valor moral na cabeça do Padre? Será que por questões de heranças deve-se decretar legal um relacionamento que é imoral? Creio que não!
O padre se diz o defensor do direito civil no discurso, mas que principio ético é este? Que ideal politico é este? O que ele projeta em sua “iluminada” mente sobre o conceito de cidade justa? Acho que o Padre não gostou de ler “A cidade de Deus” do filosofo Agostinho e tão pouco a boa literatura filosófica grega. Este discurso de inclusão de tudo e de todos está mais para quem amou ler Maquiavel e o igualitarismo neo-marxistas, sem esquecer que o Padre Fabio disse recentemente que o socialismo equilibrado faz bem para sociedade. Quem liga os fatos compreende o todo.
O padre chamou muito a atenção para o cuidado que a nação deve ter com os movimentos pró-família, ele não quer falta de respeito nos manifestos e de fato está coberto de razão. Mas será que o padre sabe que os únicos movimentos pró-família que existem são constituído de bispos, padre, professores, juízes, leigos e políticos muito bem capacitados intelectualmente? O Pr. Silas Malafaia que foi qualificado como equilibrado nas palavras do padre é um dos grandes lideres deste movimento. Ele esta vendo desequilíbrio onde? Onde ele esta vendo ofensas? Onde ele esta vendo agressões? Padre Fabio precisa buscar um esclarecimento também sobre o nosso movimento.
Ele fala tanto de não resumir coisas complexas em poucas palavras e acabou concordando com as poucas palavras do deputado Jean que nada diz respeito ao PL 122. Tem que falar com o Padre que a constituição já dá direito para os homossexuais, o direito de não ser violentado, não ser agredido e prejudicado. Direito que não é só deles, mas de todos. Por que o padre acha justo aprovar mais leis para defender os homossexuais? E os negros? E os cristãos? E os miseráveis? Não merecem mais leis também? Gostaria de uma resposta.
O padre disse que Jesus morreu para os marginalizados no discurso. Que marginalizados são estes? Os homossexuais?. Que discurso teológico medíocre! Que analogia ridícula! Jesus morreu para salvar a todos, inclusive os homossexuais, pena que nem todos se submetem a moral católica para adquirirem a salvação. E se tem um grupo que não é marginalizado é o movimento gay. Eles são o centro de tudo no mundo da politica, tem muito dinheiro internacional vindo para as suas campanhas e a mídia é a sua principal aliada. Acho que o Padre acredita em tudo que vê no Fantástico.
Meus irmãos e irmãs, cuidado com a “bendita” lei e com os “benditos” padres que infelizmente andam perdendo suas ovelhas para o mundo do “politicamente correto” e do relativismo moral.
Vamos rezar pelos sacerdotes, incluindo o Padre Fabio, para que sejam na vida moral o que são no caráter: Im pernona Christis.

Bruno Cruz
bhc.vida@hotmail.com

8 comentários:

  1. Mais uma vez parabens querido Bruno,os seus artigos tem melhorado a cada dia e sinto-me privilegiado por ter um jovem tão sabio em nossa equipe,e vaamos rezar pelos sacerdotes,principalmente pelo Padre Fabio que tem feito pronunciamentos heréticos e mutilado a doutrina católica,oxala ele entendesse isso.
    Jesus morreu para salvar a todos, inclusive os homossexuais, pena que nem todos se submetem a moral católica para adquirirem a salvação. abraço mariano pax Anderson Reis

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras Bruno.
    Irmãos, até que ponto vale a pena ficar rezando por este tipo de sacerdote??? Eles conhecem melhor do que ninguém a sã doutrina e se eles pregam contra ela ou tentam relativisá-la eles devem sofrer as consequencias e colher os frutos que estão semeando... nunca ouvi dizer que um sacerdote herege nos tempos atuais tenha se "convertido" e voltado a pregar a sã doutrina (nao quer dizer que nao tenha, eu nunca ví) Rezo sim pelos sarcedotes, rezo por aqueles que são perseguidos por defenderem a sã doutrina, estes sim merecem oração. Agora por favor né irmãos ficar com pena e dó daqueles sarcedotes e pessoas que estão jogando nas maos do diabo tantas almas que podem passar a eternidade no inferno!!! Não temos que ter pena nao e acho que nao sao dignos de nossas orações, mesmo porque eles nao são inocentes, eles conhecem a verdade. E outra, creio que Jesus morreu por muitos e nao por todos, visto que temos o livre arbitrio, senão, todos ja estariam salvos e nao haveria condenação, bom penso assim!! Abraços a todos e gostaria de aproveitar e agradecer a todos os responsaveis por este site, obrigado pela dedicação e amor, pois é um dos porto seguros para os que querem seguir a sã doutrina, obrigado Bruno por abrir meus olhos e nao desanimar, valeu irmão!

    ResponderExcluir
  3. irmãos deem uma lida nesta materia a respeito do pe. fabio meloso. http://fimdostempos.net/pe-fabio-melo-eucaristia-ressurreicao-heresia.html

    ResponderExcluir
  4. Érico,

    Salve Maria.
    .
    Sobre a oração pelos sacerdotes ainda não convertidos, não podemos deixar de rezar.

    Nós temos pelo batismo três virtudes teologais: a fé, a esperança e a caridade. Com a fé acreditamos na salvação deles, Com a esperança esperamos na misericoridia do Senhor na vida deles e com o amor servimos eles com orações e penitencias..

    Acredito muito no sacerdocio régio do povo de Deus Érico, através das nossas penitencias e orações Deus pode fazer alguma coisa ordinariamente ou extraordinariamente para salvar os que estão perdidos de alguma forma.
    O povo de Deus que fiel é o pequeno fermento na massa.

    Sobre a salvação de muitos ou todos,isto é polêmico. Pelo que já li Deus deseja a salvação de todos, mas não são todos salvos, são muitos, por que existiram aqueles com os corações endurecidos não aceitaram a salvação.
    Deus que é amor não pode desejar a condenação de ninguem, portanto o plano de salvação é para todos.
    Teologicamente é certo também falar que a salvação foi para muitos, por que não são todos que estão bebendo do cálice do Senhor, exatamente por esta usando mal do livre-arbitrio.
    Mas acho muito necessário a primícia do plano de salvação para todos. Acho necessário que nós tenhamos a esperança na salvação de todos.

    Certa vez uma pessoa disse ao Padre Pio que com a vida santa dele ele ia ganhar Um terço do mundo, ele responde:
    O que vou fazer com um terço???( Queria mais)

    Amigo e irmão Érico,
    Obrigado pela participação.

    Deus seja louvado!
    Pax!

    ResponderExcluir
  5. vicente correia filho7 de junho de 2011 15:21

    Sábias palavras Bruno.
    E continuemos a rezar pelos nossos sacerdotes, para que arrebatem almas para cristo e não para o encardido.
    Deus o abençõe e tbem todos do regina apostulorum.

    ResponderExcluir
  6. Anderson,

    Obrigado irmão.
    Eu que agradeço a oportunidade de estar com voçês neste apostolado.

    O padre Fabio será alvo de nossas orações com certeza,é um Sacerdote e uma pessoa e precisa
    alcançar a Verdade Salvífica.
    Mas se falar asneira com certeza vamos denunciar, a Igreja não pode se perder pelos
    maus conselhos dos ímpios.

    Abração mariano parceiro Anderson.

    ResponderExcluir
  7. Então, tem os teólogos que estão agora se perguntando: Cidade de Deus não é do Paulo Lins, e tem um filme dirigido pelo Fernado Meireles????Quem é este tal de Agostinho???

    ResponderExcluir
  8. Amados,

    Realmente eu estou errado! Peço perdão!!
    Mas quem sou eu pra poder julgar quem precisa ou nao de nossas orações??? Revendo meus conceitos e pensando melhor devemos fazer nosso papel de bons cristãos e ajudar a todos que precisam.
    Sei tb que todos temos um tempo de conversão, de conhecer a verdade, às vezes vemos pessoas tãos más, mas que ainda nao conheceram a Deus, ainda nao havia chegado o tempo de conversão dela.

    Se nao me falha a memoria, acho que foi a mae de Santo Agostinho que rezou durante 20 anos por sua conversão!E que grande santo nós temos hj!

    Éhh! Realmente eu estava errado e pelo visto sou um daqueles que precisa de conversão e oração!!! Conto com vcs!

    Abraço e Pax!

    ResponderExcluir