17 de ago de 2011

Os Santos – homofóbicos?

Vivemos tempos difíceis, tempos em que os homens, contaminados pelo infame desejo de ouvir novidades, criam as mais terríveis perversidades, transformando aquilo que já foi proscrito pelo Altíssimo em virtude, rejeitando aquilo que já foi recomendado pela Igreja de nosso Senhor como boa e santa coisa a se fazer. O homem seria – frase do sofista grego Protágoras – a medida de todas as coisas.

Abaixo transcrevemos as condenações de alguns Santos da Igreja à prática da homossexualidade. O leitor certamente poderá indagar que é uma prática antiga, e que não faria sentido dizer que é um mal exclusivo do nosso tempo. Ora, falar que a sodomia é uma coisa nova realmente não faz muito sentido; mas dar-lhe um tratamento especial, como manifestadamente fazem líderes do Gayzismo ao redor do mundo, é sim uma atitude muito típica do nosso século. Não contentes em abraçar a perversidade, ultimamente os homens andam querendo também dar-lhe legitimidade. Se há muito o pecado era praticado às escondidas e os pecadores tinham vergonha de manifestar em público seu proceder criminoso, hoje às claras milita-se a favor da devassidão e da promiscuidade. Nada como as palavras dos amigos de Deus para lembrar-nos algumas coisas que muitos indivíduos parecem ter esquecido…

______________________________________________________________________

http://beinbetter.files.wordpress.com/2011/08/sc3a3ojoc3a3ocrisostomobispoedoutor64.jpg?w=100&h=150

“Mas se tu aprendeste e ouviste falar do Inferno e acreditas que não é fogo, lembra-te de Sodoma. Pois vimos, e com certeza continuamos a ver até mesmo na vida presente, uma aparência do Inferno. Quando muitos negam totalmente as coisas que virão depois desta vida, negam ouvir falar do fogo inextinguível, Deus traz à mente as coisas presentes. Por isso foi calcinada Sodoma. Pensa em como é grande o pecado, para ter forçado o Inferno a aparecer mesmo antes do seu tempo! Onde a chuva era incomum, porque a relação sexual era contrária à natureza, ela inundou a terra, tal como a luxúria havia feito com as suas almas. Por isso também a chuva era o oposto da chuva habitual. Agora não só ela não mexe no ventre da terra para a produção de frutos, mas tornou ainda inútil para a recepção das sementes. Foi também assim a relação dos homens entre homens, fazendo um corpo desta espécie mais inútil do que a própria terra de Sodoma.”

- São João Crisóstomo

*

http://www.guia.heu.nom.br/images/agostinho.jpgAs infrações contrárias à natureza são em toda parte e em todas as vezes que se realizaram foram punidas. Tais foram as dos sodomitas. Todos eles deverão ser culpados do mesmo crime pela Lei Divina. Pois a relação que deve haver entre Deus e nós, é violada, quando a natureza, da qual Ele é o autor, é poluída pela perversidade da luxúria.”

- Santo Agostinho

*

http://beinbetter.files.wordpress.com/2011/08/gregorio-magno.jpg?w=100&h=135“A Sagrada Escritura confirma que o enxofre evoca o cheiro da carne, assim como fala da chuva de fogo e enxofre sobre Sodoma derramado pelo Senhor. Ele tinha decidido punir Sodoma por causa dos crimes da carne, e com o tipo de punição Ele enfatizou a vergonha do crime, pois quis que fedesse a enxofre, fogo e carne queimada. Foi exatamente por isso que os sodomitas, queimando com desejos perversos decorrentes da carne como fedor, devem perecer pelo fogo e enxofre para que através deste justo castigo percebam o mal que tinham cometido, comandados por um perverso desejo.”

- São Gregório Magno

*

http://beinbetter.files.wordpress.com/2011/08/0430-santa-catalina-de-siena.jpg?w=100&h=161“Esses desgraçados não só são frágeis na sua natureza, mas pior, cometendo o pecado maldito contra a natureza e, como cegos e tolos, com a luz do seu intelecto escurecida, eles não sabem o mau cheiro e da miséria em que se encontram. Não só este pecado cheira mal diante de Mim, que sou o Supremo e Eterna Verdade, mas realmente desagrada-me muito. Não só a Mim, mas aos próprios demônios. Não é que o mal lhes desagrada, porque eles não gostam de nada que seja bom, mas porque a sua natureza foi originalmente angelical, e sua natureza angelical faz com que eles se afastem quando este grande pecado é cometido.”

- Santa Catarina de Sena

*

http://www.massamarittima.info/san-bernardino-da-siena.jpg“Nenhum pecado no mundo amarra a alma como a maldita sodomia, o pecado que sempre foi detestado por todos aqueles que vivem segundo Deus. Uma paixão desordenada, próxima da loucura, que perturba o vice intelecto, destrói elevação e generosidade da alma, faz do preguiçoso uma pessoa irascível, teimoso e obstinado, servil e macio e incapaz de qualquer coisa. Além disso, agitada por um desejo insaciável por prazer, a pessoa sodomita não segue a razão, mas o instinto. Eles tornam-se cegos e, quando os seus pensamentos deve subir para coisas altas e grandes, eles são frívolos e reduzidos para as coisas vis, inúteis e podres, que nunca poderia fazê-los felizes. Assim como as pessoas participam da glória de Deus em diferentes graus, de igual modo também no Inferno alguns sofrem mais que outros. Quem vive com esse vício de sodomia sofre mais do que outra, porque este é maior pecado.”

- São Bernardino de Sena

*

http://beinbetter.files.wordpress.com/2011/08/s25c325a3opedrocan25c325adsio.jpeg?w=100&h=140“Como diz a Sagrada Escritura, os sodomitas sempre foram extremamente perversos e pecaminosos. São Pedro e São Paulo condenaram sempre o pecado nefando e depravado. (…) Aqueles que deviam ter vergonha de violar a lei divina e a lei natural são escravos da mais perversa depravação.”

- São Pedro Canísio




Fonte: http://beinbetter.wordpress.com

0 comentários:

Postar um comentário