9 de set de 2011

O aborto, a Rússia e o Brasil.


Peliteiam os nossos governantes pela liberação do aborto. Muitos dos que o defendem alegam várias ilegalidades. Direito das mulheres é um deles. Contudo, ninguém, NINGUÉM que seja favorável ao aborto luta pela vida que está sendo execrada, mutilada no ventre da própria mãe.

A Rússia, com sua mentalidade Socialista/Comunista/Marxista/Stalinista, autorizou, em 1920, o aborto, sendo algo legal e direito da mulher. Desde então, 80% das gestantes abortam até mais de uma vez. Logo, estima-se que a população russa poderá entrar em extinção graças a Cultura de Morte.


Se você verificar este vídeo, verá que o aborto na Rússia não é NADA seguro. As mulheres são vilipendiadas, da maneira mais vil possível, desintegradas, destituídas de qualquer tipo de dignidade. Nem com um animal o tratamento é assim:



Após grande pressão, a Rússia afirma, desmente tudo o que os Marxistas sempre afirmaram e comprovam: O ABORTO NÃO É SEGURO!!! Vejam a notícia exposta no Diário da Russa:

Entrou em vigor na Rússia a lei promulgada pelo Presidente Dmitri Medvedev que aumenta as restrições para os anúncios publicitários dos médicos, clínicas e hospitais que praticam a interrupção da gravidez. O novo diploma legal contém emendas à Lei da Publicidade e obriga os produtores dos anúncios a reservar pelo menos 10% do texto publicitário ao registro da advertência de que a interrupção da gravidez pode provocar consequências danosas à saúde da mulher.
A nova lei proíbe a afirmação de que o procedimento é seguro, e sugere que a interrupção da gravidez só deva ser praticada em condições extremas como, por exemplo, riscos constatados durante a gestação e ausência de cérebro (anencefalia) no feto, e se a gravidez for resultado de violência sofrida pela mulher.
Um dos autores da lei, o Deputado Victor Zvagelski, diz que ela é muito necessária porque dados estatísticos dão conta de que a Rússia é o primeiro país do mundo em número de abortos.




Ora, se a grande Rússia Nazista afirma, após 91 anos de liberação do aborto que o mesmo não é seguro, a pergunta que não quer calar é: POR QUE A DILMA E AS FEMINISTAS INSISTEM TANTO NISSO???

Já está claro, meus irmãos. O aborto é morte. E quem o pratica/defende/promove peca gravemente contra Deus!

0 comentários:

Postar um comentário