21 de nov de 2011

Folha de São Paulo: Canção Nova retira TODOS os programas com políticos de sua grade de programação.


Folha de São Paulo

A rede Canção Nova, emissora de TV e rádio ligada ao movimento católico Renovação Carismática, resolveu tirar do ar os programas comandados pelos deputados federais Gabriel Chalita (PMDB-SP) e Eros Biondini (PTB-MG), pelos estaduais Edinho Silva (PT-SP), Paulo Barbosa (PSDB-SP) e Myriam Rios (PDT-RJ), e pela primeira-dama paulista, Lu Alckmin, informa o "Painel", editado por
Renata Lo Prete e publicado na Folha desta segunda-feira.

Embora a decisão tenha sido tomada no atacado, o elemento precipitador foram as reações negativas de fiéis e lideranças da igreja à recente incorporação de Edinho, presidente do diretório estadual petista, ao quadro de apresentadores da Canção Nova.

Conexões "Justiça e Paz", o programa de Edinho, estreou em 3 de novembro tendo como convidado Gilberto Carvalho. Principal mentor político do deputado petista, o secretário-geral da Presidência foi também articulador da aproximação entre a campanha de Dilma Rousseff e a Canção Nova no segundo turno da eleição presidencial. Até então, a candidata vinha sendo duramente combatida por religiosos da Renovação Carismática.


4 comentários:

  1. Parabéns a Canção Nova por esta atitude! Isto nos mostra que esta aberta a reconhecer erros e corregi-los. Assim, como a nós o Senhor perdoa sempre os nossos pecados, assim também a nós devemos perdoar os pecados comitidos pela emissora. Esperamos que de agora em diante ela não seja MAIS uma emissora cristã, mas, uma verdadeira e genuínas TRANSMISSORA da fé cristã CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA.

    ResponderExcluir
  2. agora sim a canção nova tá perfeita

    ResponderExcluir
  3. GLORIA A DEUS....DEUS SEJA LOUVADO PELAS ESCAMAS Q CAIRAM DOS OLHOS DA CN !!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Hallelluya!
    Aí sim!!!
    Amei a notícia!
    Compartilhando com certeza!!!
    Salve Maria!!!

    ResponderExcluir