3 de jul de 2012

"Devemos pedir a Deus uma fé cada vez mais firme."








O Papa Bento XVI pediu neste domingo na praça de São  Pedro que os fiéis superem a visão horizontal e materialista da vida, e peçam com insistência uma fé firme, “para que o Senhor renove nossa vida”.
Em suas palavras prévias à oração do Ângelus, diante dos milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, o Santo Padre assinalou que “a Deus nós pedimos tantas curas de problemas, de necessidades concretas, e isto é justo, mas o que devemos pedir-lhe com insistência é uma fé cada vez mais firme”.
Bento XVI se referiu às duas curas apresentadas pelo evangelista Marcos da liturgia dominical que em Roma correspondiam às leituras do 13º domingo do Tempo Ordinário, e indicou que nos dois episódios estão presentes dois níveis de leitura; “o puramente físico: Jesus se inclina sobre o sofrimento humano e cura o corpo; e o espiritual: Jesus veio curar o coração do homem, a dar a salvação e pede a fé nele”.
O Papa explicou que, nas curas de Jesus, “o milagre se realiza em duas fases: primeiro se produz a cura física, mas esta está estreitamente ligada à cura mais profunda, à que doa a graça de Deus a todo aquele que se abre a Ele com fé”.
“Jesus se faz atento ao sofrimento humano e nos faz pensar também em todos aqueles que ajudam os doentes a levarem sua cruz, em particular os médicos, os agentes de saúde e quantos asseguram a assistência religiosa nos hospitais e clínicas. Eles são ‘reservas de amor’, que levam serenidade e esperança aos que sofrem”.
O Santo Padre indicou que uma primeira e fundamental necessidade é a competência profissional dos médicos e agentes sanitários para com os doentes, “mas esta só não basta. trata-se, com efeito, de seres humanos, que têm necessidade de humanidade e da atenção do coração”.
“Peçamos à Virgem Maria que acompanhe nosso caminho de fé e nosso empenho de amor concreto, especialmente para os necessitados, enquanto invocamos sua materna intercessão por nossos irmãos que vivem um sofrimento no corpo ou no espírito”, concluiu.

Fonte: ACI Digital

0 comentários:

Postar um comentário