25 de nov de 2010

Dom Luiz Eccel renuncia cargo após apoiar Dilma Rousseff

Após o Santo Padre, o Papa Bento XVI, ter se manifestado aos Bispos do Norte e Nordeste sobre a importância de orientar seus fiéis sobre a quem votar, bem como instruir sobre os valores que um cristão deve priorizar em um candidato a Chefe do Estado, Dom Luiz Eccel escreveu uma carta aberta, declarando apoio total e irrestrito à presidente eleita, usando, inclusive, a orientação do Santo Padre como suporte para a mesma. 

A carta era realmente um deboche. Entre outras coisas, citava que Dilma era a favor da vida, além de chamá-la de íntegra e honesta. "Esqueceu" de citar que a presidente eleita, de socialista-militante virou socialista-socialite. E sabendo do grande bola-fora que dera (apesar de chamar a vitória da Dilma de "bola-dentro"), termina a carta com a seguinte frase: "Tudo o que você me desejar, eu lhe desejo cem vezes mais. Obrigado." Não dá imprensão de que o Bispo roga uma praguinha no final???

É óbvio que a atitude do Bispo causou enorme alvoroço. Manifestações e carta-abertas também lhe foi destinada. Mas nada foi comentado até então.

Depois de um mês desta zombaria, Dom Luiz conseguiu renunciar o cargo, já que o Santo Padre aceitou seu pedido. Segundo o site da diocese de Caçador, justifica-se a renúncia  dada a oportunidade de o bispo  “cuidar de sua saúde”. Detalhe: ele só tem 58 anos! 17 a menos do que a idade canônica, na qual todos os bispos são obrigados a pedir renúncia. Em seu lugar, como Administrador Apostólico, foi nomeado Dom João Marchiori, bispo emérito de Lages.

Ah, se todos os Padres e Bispos camuflados da Igreja renunciassem como Dom Luiz Eccel...

Que a Virgem Santíssima continue a rogar a Deus pela vida do Santo Padre, o Papa Bento XVI, dando-lhe força e sabedoria e continue conduzindo a Igreja como o Senhor Jesus deseja que o faça.

_________________

PS: Já que o Excelentíssimo Bispo disse que o que desejarmos a ele voltará cem vezes mais, desejo-lhe boa saúde, melhoras e conversão. =)

2 comentários:

  1. Desejei que ele se convertesse, se for assim a convertida serei eu 100 vezes mais, ótimo! Feliz estou pelos dois motivos: a minha conversão 100X+ e a sua renuncia que pouca falta fará para a Igreja.

    ResponderExcluir
  2. Realmente... o pior inimigo é o que está dentro.
    Os piores inimigos da Igreja são os padres e bispos que não ensinam a doutrina católica, nem vivem os seus preceitos !

    ResponderExcluir