19 de mar de 2011

Governo Dilma quer lançar o Bolsa-Gay

Essa história de homofobia já tá enchendo o saco!
Não bastasse tornar o homossexualismo como uma primeira classe neste país, parece que agora querem transformar-nos em seus subalternos. Fica claro que, a cada dia que passa, o Brasil não enxerga as pessoas como pes-so-as, mas pelos rótulos, pelas tribos que representam.

Não bastasse o Governo Dilma lançar o Bolsa-Blogue
para a Maria Bethânia, agora, vejam vocês, quer criar o Bolsa-Gay. A ideia é muito simples: sabe aquelas cotas que criaram para negros, índios e estudantes de escolas públicas - que nós sabemos que NEM TODOS que estudam na escola pública são pobres, mas já tem gente se passando por só pra aproveitar o bônus -? Pois é. Agora vai ter cota pra gay! Explico.

A ideia vem da Secretária Especial de Direitos Humanos, sra. Maria do Rosário, apresentou esta semana o seu "Plano Nacional de Cidadania e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais". Trago alguns itens da lista, comentando a seguir:

- Inclusão da população LGBT em programas de alfabetização em escolas públicas ( = cota para professores gays para alunos do Ensino Fundamental I);

Quem trabalha com Educação sabe que as crianças, até os sete anos, formam a sua personalidade. Todos os conceitos de moral, ética, respeito são formados nesta idade. Ao passar dos anos, a criança aprimora isso. Então, para aproveitar esta fase, o atual Governo quer que as crianças entendam, desde pequenina, não como se "torce" o pepino, mas como se "enfia". Entendeu? Em outras palavras: o governo quer que as crianças do nosso país cresçam crendo que o homossexualismo é algo natural, e assim, criar uma nação 'livre' de preconceitos homossexuais. Queria ver o que o Gabriel Chalita tem a dizer sobre isso, já que ele é um pedagogo. Será que ele apoia a ideia?

- Criar bolsa-estudo para qualificação profissional de travestis e transsexuais;

Já que queriam tornar a prostituição uma profissão sob pretexto de que é a profissão mais antiga do mundo, agora querem profissionalizar os travestis e transsexuais. O que eu tento enteder é: como é que se profissionaliza um negócio desses??? A gente pega o adolescente e ensina-o a se vestir como mulher? Vai ter disciplina sobre como esconder o pênis na calcinha??? Que negócio é esse de profissionalizar???


- Inserir em livros didáticos temáticas que abordem o novo contexto de família ( = pai, pai, filho; mãe, mãe, filha);

Como eu disse no primeiro item, para formar a personalidade de uma criança, temos apenas os sete primeiros anos. Depois ela vai aprimorar o que a ensinamos. Colocar nos livros didáticos que o homossexualismo é algo natural vai fazer com que as crianças compreendam que isso é uma tendência, e não uma escolha do indivíduo. Logo, teremos um futuro em que as crianças decidirão se querem ou não ser heterossexual. Agora, imaginem vocês a postura do professor diante desta realidade? Se uma professora da Educação Básica flagrar duas meninas ou dois meninos em atitudes libidinosas, dependendo da idade que tiverem, só poderão advertí-los a fazer isso num lugar "a sós". Não poderá dizer que aquilo é indevido, antinatural, que a idade em que eles estão não é adequada a se fazer... não! Se ela fizer isso, poderá ser enquadrada como homofóbica. Já pensou nisso???

- Distribuição de livros em bibliotecas de escolas públicas abordando a temática 'diversidade sexual' para o público infanto-juvenil;

Depois que moldamos a personalidade das nossas crianças sobre um homossexualismo-coisa-natural, vamos "profissionalizá-los". Isso ocorrerá levando às escolas livros sobre o tema. Mas não serão apenas livros teóricos. Pode esperar que vai nascer altos romances sobre o assunto e que as professoras de Língua Portuguesa terão de abordá-los. Machado de Assis, daqui uns anos, estará empoeirado em nossas pratileiras. Quem mandou não fazer um romancinho abaitolado, né?

- Reconhecer as famílias montadas por LGBT como normal com base na desconstrução da heteronormatividade;

Aqui mora a base do projeto de Lei de Homofobia. O objetivo desta lei não é dar direito aos gays, mas desconstruir a moral e a ética. É mostrar que todos os atos são naturais e normais, e que todos devam reconhecê-lo sob probabilidade de sofrer consequências danosas caso não as siga. Portanto, amigos, preparem-se: é já que as perseguições virão àqueles que não quiserem seguir esta modinha. Sem contar que não vai demorar para os heterossexuais sofrerem bullying por não terem experiências com relações homoafetivas. Cuidado!!!

- Inclusão das famílias LGBT no bolsa-família;

O que vai de ter de família pobre, com pai tentando alimentar os filhos, perdendo a esmola-família do Governo por causa da cota-gay não vai estar no gibi...

- Criar o Conselho Nacional dos LGBTs;

= a Sindicato Gay. Sujeitinho não pôs a ver os direitos dos gays, vai ser rechaçado!

- Criar o Estatuto dos Direitos dos LGBTs;

E consequentemente distribuí-los nas escolas, Igrejas, associações...


A sra. Maria do Rosário não deveria ter este nome. Abrindo as portas do inferno desse jeito? Ah, não devia. É impressionante como esta mulher não nota que está abrindo chances para um desvirtuar da sexualidade, dos valores, morais; como ela passa por cima dos valores tradicionais, familiares; como ela quer destruir a verdade, transformando-a em algo mau. Quantas crianças não sofrerão abusos, serão corrompidas em sua moral graças a esta lei?

O projeto ainda não foi aprovado, mas nós não temos dúvidas de que o será, né? Se o Governo Dilma é do jeito que o Diabo gosta, esta suruba é que não pode ficar de fora...

3 comentários:

  1. Quero agradecê-la e até mesmo parabenizá-la pela coragem de dizer a verdade e lutar por ela! O mundo está atravessando um mar de caos, mas é preferível a morte do que concordar com todos esses pseudo-valores! O HOMOSSEXUALISMO É ABOMINÁVEL AOS OLHOS DE DEUS E ISSO NINGUÉM VAI PODER APAGAR, SÃO PALAVRAS DE VIDA ETERNA!
    Grata por tão abençoadas palavras,
    Santiago, Irene e Silmara
    virgopotens@bol.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que Jesus volte o mais breve... porque ter que suportar essas coisas é um martírio. Que desolação!

    ResponderExcluir
  3. Por quese voces nao lancam uma campanha contra a corrupcao na politica? Ou entao vao arrumar uma trouxa de roupa pra lavar?

    ResponderExcluir