14 de ago de 2011

CORPOS INCORRUPTOS, O QUE SÃO?


Por Rodrigo Silva



Primeiro é preciso responder essa pergunta: O que são Corpos Incorruptos?

Corpo Incorrupto é o corpo humano que possui a propriedade, considerada miraculosa, de não se decompor após a morte, sem que tenham sido utilizados métodos de embalsamamento. Alguns desses corpos permanecem conservados mesmo depois de transcorrido um período de 1.500 anos desde a data do óbito. O fenômeno da incorruptibilidade pode ocorrer com todo o corpo ou com apenas parte dele. Outra característica importante é a de que os corpos incorruptos emanariam um odor agradável. A incorruptibilidade não é mumificação. Os corpos mumificados são rígidos e secos. Cientistas, médicos e cirurgiões analisaram alguns corpos incorruptos e declararam que a preservação é humanamente inexplicável, que não poderiam, em condições normais e naturais, serem encontrados em tão perfeito estado de conservação depois de tanto tempo.

Existem atualmente cerca de 2.000 (dois mil) corpos incorruptos, ou seja, corpos de pessoas que faleceram e que mesmo depois de centenas de anos não entraram em decomposição ou que deixaram algum membro de seus corpos incorruptos (ou até com aspecto vivo, mesmo estando mortos) isso sem o auxílio de nenhuma espécie de conservantes. O mais belo de tudo isso é que são corpos, TODOS ELES de pessoas CATÓLICAS e que evidentemente consideradas santas, beatas ou em fase de beatificação, não só pelo modo irrepreensível com que estas pessoas viveram, mas pelos milagres que já foram alcançados através das mesmas.
Foram pessoas que entregaram suas vidas inteiramente a serviço de Deus, na fidelidade à Palavra de Deus, em uma vida orante, pessoas intimamente ligadas a uma vida Eucarística.
Questões a serem refletidas: Por que não encontramos fatos como estes nas igrejas protestantes, por exemplo? Episódios como estes não estariam associados a Santa Eucaristia?
Vejo que Deus quer nos ensinar algo com a incorruptibilidade dos corpos destes santos. Primeiramente Deus preservou os corpos destes santos intactos para que seus exemplos de fidelidade a Jesus Cristo, de amor ao próximo e ao Cristo não sejam esquecidos. Eram pessoas normais como qual quer outras, foram feitas da mesma matéria da qual fomos formados, foram tentadas, sofreram, passaram por situações semelhantes as que passamos, uns por situações infinitamente mais difíceis do que as que passamos, mas perseveraram na fé e lutaram pela santidade em uma vida de oração e de comunhão com Cristo até o fim de suas vidas.
Talvez existam aqueles que por opção ou por interesse próprio optem por julgar tais fatos como demoníacos, como muitos protestantes acusam as aparições de Nossa Senhora das Graças, de Guadalupe, Lourdes e Fátima. Na minha opinião estas acusações só vêm reforçar que são realmente ação de Deus a incorruptibilidade destes corpos, pois também Jesus foi acusado de fazer milagres por Belzebu e São João Batista era tido por muitos como um demônio.
Deus não nos deixou estes acontecimentos sem motivo e vejo que além da importância em observarmos o exemplo de vida destes santos, devemos refletir sobre a importância da Santa Eucaristia em nossas vidas.
Jesus disse: “Em verdade, em verdade vos digo, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não terá a vida em vós. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue, verdadeira bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Como o Pai, que vive me enviou, e eu vivo por causa do Pai, assim o que me come viverá por causa de mim. Este é o pão que desceu do céu. Não é como aquele que os vossos pais comeram. Eles morreram. Aquele que come este pão viverá para sempre.” (João6, 52-59)
Não tenho dúvida que estes santos, cujos corpos estão incorruptos, tiveram um amor e um respeito tão grande a Jesus Eucarístico e comungaram tanto que é o próprio Cristo que mantém seus corpos intactos até hoje.

Vejamos alguns casos:


Primeiro São Vicente de Paulo, nasceu em uma terça-feira de Páscoa, em 24 de abril de 1581, Faleceu em 27 de setembro de 1660 e foi sepultado na capela-mãe da Igreja de São Lázaro, em Paris. Foi canonizado pelo Papa Clemente XII em 16 de junho de 1737. Em 12 de maio de 1885 é declarado patrono de todas as obras de caridade da Igreja Católica, por Leão XIII.



Veja também o video:

Agora Santa Bernadette Soubirous,nasceu em 7 de janeiro de 1844 em Lourdes, França. A mais velha de seis filhos de uma família muito pobre chefiada por Francois e Louise Casterot.Ela serviu como empregada de 12 aos 14 anos.Depois foi pastora de ovelhas. Em 11 de fevereiro de 1858, mais ou menos na época de sua primeira comunhão ela recebeu uma visão da Virgem; sua descrição de como foi pode ser lida abaixo. Ela recebeu 18 novas visões nos próximos cinco meses e foi levada a uma fonte de água que curava. Ela mais tarde mudou-se para uma casa do Convento das Irmãs de Nevers em Lourdes onde ela vivia, trabalhava, aprendeu a ler e a escrever. As irmãs cuidavam dos doentes e indigentes e quando Bernadete fez 22 anos foi admitida na Ordem. Sempre muito doente ela morreu enquanto orava a Virgem Maria.
Faleceu em 16 de abril de 1879 em Nevers, França.
O corpo de Maria Bernadete permanece incorruptível.
Foi canonizada pelo Papa Pio XI em 1933.
Desde que apareceu a Santa Bernadete em 1858 mais de 200 milhões de pessoas visitaram o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes.

E o lindo vídeo!!!



Padre Pio!


Padre Pio nasceu em 25 de maio de 1887 na localidade de Pietrelcina, muito próxima à cidade de Benevento, e morreu em 23 de setembro de 1968, no seu quarto conventual com o terço entre os dedos repetindo o nome de Jesus e Maria, descansa em paz aquele que tinha abraçado a cruz do Cristo, fazendo desta a ponte de ligação entre a terra e o céu

E um video de uma reportagem da Webtv Canção Nova, no local onde se encontra o corpo incorrupto de São Padre Pio.


São João Maria Batista Vianey, o padroeiro dos sacerdotes, conhecido como o Cura D'ars, nascido em 8 de maio de 1786 em Ars, França, e morreu em 4 de agosto de 1859.




Vejam outra imagens de corpos incorruptos:


Beata Ana Maria Taigi - Igreja S. Crisogono, Roma, Itália


Beato Estéfano Bellesini, Santuário de NSra. de Genazzano, Itália

Santa Catarina Labouré - Rue de Bac, Paris, França

Santa Narcisa de Jesus

Santa Catarina de Bolonha, com um detalhe, o corpo se encontra na posição sentada até hoje, lá se vão mais de 5 séculos



Pra terminar deixo um vídeo bem explicativo e que da detalhes de alguns casos como os aqui apresentados, vejam vale muito a pena.


Fonte: verdadenossa.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário