23 de ago de 2011

Vida de oração e o mundo moderno.


A vida de oração é o sustento de uma alma cristã, não há virtude, ordem, paz e santidade sem oração. Jesus de Nazaré orou, na sua natureza humana Ele precisava de encontros com O Pai, por isso freqüentemente era encontrado retirado em algum monte rezando. Se o próprio Cristo precisou rezar a ponto de agonizar no Getsenami, quanto mais nós, homens limitados marcados pelo pecado original e cheio de concupiscências.

A questão a ser levantada é: O homem moderno esta rezando? Percebe-se nitidamente que esta acontecendo um grande esfriamento na vida de oração dos homens de fé. As razões são muitas, vamos enumerar algumas.

O primeiro ponto é o ativismo, a correria do dia-a-dia, a agenda esta cada vez mais lotada, as metas precisam ser batidas e isto culmina na ausência de tempo e espaço para Deus. O máximo que muitos fazem é traçar o Sinal da Cruz quando acordam, dormem e se alimentam. Não questiono o anseio pelas conquistas materiais não, a minha indagação é a seguinte: “Como estes irmãos conseguem cultivar virtudes sem rezar?”

Hoje é visível que as redes sociais também têm atrapalhado muito na vida de oração, sobretudo os jovens Cristãos. A juventude tem ficado o dia inteiro no computador, viciados não conseguem rezar nem sequer um terço. É lógico que a internet é algo extraordinário, as redes sociais é um grande bem, porém o uso demasiado influencia negativamente em todos os sentidos e no nosso caso atrapalha de mais no progresso espiritual.

O que dizer então da famosa preguiça, em alguns casos a preguiça para rezar provém de combate espiritual e nestes casos até compreendo as dificuldades dos irmãos, mas na maioria dos casos o problema é ausência de determinação, consciência e até mesmo de abertura do coração. Preferem a novela no lugar do terço em família, preferem um lanche com amigos no lugar da adoração comunitária, preferem dormir na folga do que fazer alguns minutos de adoração ao Santíssimo Sacramento e por ai vai. A vergonha na cara já era na vida de muitos.

São Paulo fala em I Tess 5 v. 17: “Orai sem cessar “. Devemos rezar sem cessar porque somos dependentes de Deus para tudo, Ele mesmo afirmou isto quando disse: “Sem mim nada podeis fazer” (João 15 v.5).

Lembro-me da história de um monge que era sempre incomodado por um jovem que o perguntava sempre a mesma coisa: O que faço para aprender a rezar? Certo dia importunado com tanta amolação o monge deu a ele a receita, pegou a cabeça do rapaz colocou dentro de um tanque cheio de água e ali o segurou por um tempo considerável, quando tirou a cabeça disse ao rapaz que estava preste a desmaiar de falta de ar: “Você vai aprender a rezar quando tiver a consciência que precisas de Deus como precisava deste ar”.

Com certeza Nosso Senhor quer féis virtuosos e fervorosos, isto só é possível em oração. Que possamos dar passos rumo à perfeição, uma boa idéia é criar uma agenda de oração semanal, tenho certeza que gradativamente podemos ter uma vida de oração.

0 comentários:

Postar um comentário